A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/03/2016 16:02

Copiloto de avião com cocaína foi preso pelo mesmo crime em 2013

Mariana Rodrigues
Aeronave foi encontrada após pouso forçado. (Foto: Divulgação/ PC-MT)Aeronave foi encontrada após pouso forçado. (Foto: Divulgação/ PC-MT)

Jacome Tavares, 58 anos, copiloto do avião carregado de cocaína que fez pouso forçado na manhã de ontem em uma plantação de soja no Mato Grosso, é reincidente no crime de tráfico de drogas. Em 2013, ele foi preso em uma operação da Polícia Federal, que tinha como objetivo desarticular quadrilhas especializadas em tráfico internacional de drogas. Na época, ele foi condenado em quatro anos e cumpria prisão domiciliar.

Segundo informações do delegado responsável pelo caso, Vitor Chab Domingues, na época Jacome também havia sido preso com uma aeronave carregada com drogas, mas na cidade de Cáceres, em Mato Grosso. As investigações tiveram início quando descobriram que a droga saía da Bolívia por aeronaves e ficava escondida em áreas rurais da região até ser repassada para comerciantes.

Ainda conforme o delegado, na época dessa operação, Jacome foi preso com carga de cocaína em uma aeronave que também caiu, nesta queda ele acabou machucando as costas. "Por conta dessa lesão que ele teve da primeira vez que ele foi preso, ele não conseguiu correr, por isso ele não conseguiu fugir", conta.

Como também é piloto, o traficante fazia várias viagens para a Bolívia, que segundo Domingues, é um dos maiores fornecedores de cocaína da América Latina. Por esse motivo, o delegado afirma que Jacome não havia carregado a aeronave em Bela Vista, como havia dito anteriormente. "Sabemos que ele está mentindo, pois a droga foi adquirida na Bolívia".

Droga foi avaliada em mais de R$ 20 milhões. (Foto: Divulgação PC/MT)Droga foi avaliada em mais de R$ 20 milhões. (Foto: Divulgação PC/MT)

Maior apreensão - De acordo com o delegado, esta foi a maior apreensão de cocaína pura deste ano, e a segunda maior apreensão de drogas. "No ano passado apreendemos 450 quilos de droga, entre cocaína e pasta base, mas este ano essa foi a maior apreensão".

O delegado informou ainda que a cocaína pura foi avaliada em mais de R$ 20 milhões. "O quilo é avaliado em 12 mil dólares, sendo que os traficantes misturam essa droga para render mais", afirma.

Caso - A aeronave Cesna carregada com cocaína atolou na manhã de ontem (9), em uma lavoura de soja em Conquista D'Oeste, Mato Grosso. O copiloto, Jacome Tavares de 58 anos, foi preso.

Jacome Tavares já havia sido preso com cocaína em avião há três anos. (Foto: Divulgação/ PC-MT)Jacome Tavares já havia sido preso com cocaína em avião há três anos. (Foto: Divulgação/ PC-MT)

O delegado Vitor Chab Domingues, informou que Jacome e o piloto, que acabou conseguindo fugir, desceram na pista localizada na fazenda São Paulo, no município mato-grossense, com o intuito de abastecer. "Eles estavam com quatro galões de combustíveis cheios, devido ao vento o avião sofreu uma pane e bateu a asa no chão".

Funcionários do escritório da propriedade rural viram e acionaram a Polícia Militar. Os policiais encontraram o avião carregado com a droga e foram avisados de que o pouso forçado aconteceu em uma estrada da fazenda que já era conhecida por Jacome.

O piloto identificado apenas como Anibal ainda não foi capturado, a Polícia Civil está fazendo diligências para encontrá-lo. "Acredito que ele vai se entregar posteriormente com um advogado", disse o delegado.

Ação pede a transferência de presos detidos na delegacia de Bonito
O MPE (Ministério Público Estadual) ingressou com ação civil pública pedindo à Justiça que determine a transferência imediata de todos os presos prov...
Sicredi faz doação para reformas de quartos no Lar do Idoso de Dourados
A agência Integração do Sicredi de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - fez a doação de recursos para a reforma de 14 quartos no L...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions