A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Maio de 2017

24/09/2015 11:55

Corpo de Bombeiros registra 18 mortes por afogamento em 9 meses

Viviane Oliveira
Ontem (23), foi encontrado no Rio Paraguai o corpo do vendedor ambulante Júlio César Souza dos Santos, 36 anos. (Foto: divulgação/Corpo de Bombeiro) Ontem (23), foi encontrado no Rio Paraguai o corpo do vendedor ambulante Júlio César Souza dos Santos, 36 anos. (Foto: divulgação/Corpo de Bombeiro)

O Corpo de Bombeiros registrou, de janeiro até agora, 18 mortes por afogamento em Mato Grosso do Sul. Dessas, 15 foram em rios, lagos e piscinas, sendo 11 no interior do Estado e quatro em Campo Grande. Três das mortes foram por afogamento em baldes, bacias e similares. Em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram 31 casos, teve queda de 41%.

Hoje de manhã (24), foi encontrado o corpo de João Felipe Matos, 19 anos, que havia desaparecido na tarde da última terça-feira (22), no Rio Aquidauana, na região conhecida como Corredeira do Morcego, em Camisão, distrito de Aquidauana, distante 135 quilômetros de Campo Grande.

João Felipe e os amigos atravessaram o rio a nado, mas no retorno foram surpreendidos pela forte correnteza e o jovem não conseguiu concluir o trajeto.

Ontem (23), foi encontrado o corpo do vendedor ambulante Júlio César Souza dos Santos, 36 anos, no Rio Paraguai, na região de Porto Morrinho, em Corumbá.

Segundo boletim de ocorrência, a vítima desapareceu na água por volta das 17h da terça-feira (22), quando mergulhava com amigos e parentes. Colegas da vítima, que estavam no local, contaram à polícia que estavam consumindo bebida alcoólica e em um determinado momento decidiram sair do rio. Porém, a vítima disse que iria dar mais um mergulho, foi quando desapareceu. Júlio foi encontrado a 4 metros de profundidade.

O tenente-coronel Hudson Faria de Oliveira alerta sobre o perigo de tomar banho em rios sem os cuidados necessários. As principais recomendações são nunca deixar crianças sozinhas, evitar consumir bebida alcoólica e conhecer o local antes de se aventurar. Em clubes, a presença de salva-vidas e boias ao redor da piscina são obrigatórios, além do certificado de vistoria do Corpo de Bombeiros.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions