ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Criança de 11 anos faz manobra e salva colega engasgado dentro da escola

Menino se engasgou com um pedaço de carne, tentou provocar vômito e não conseguiu, contou a mãe

Por Clara Farias | 14/06/2024 09:41

Uma criança, de 11 anos, salvou um colega, de 10, na Escola Municipal Felicia Emiko Kawamura Sakitani, em Dois Irmãos do Buriti, a 116 km de Campo Grande. Nas imagens, enviadas ao Campo Grande News é possível ver o momento em que o aluno percebe que o outro está engasgando e sai correndo para socorrê-lo.

Segundo o relato da coordenadora da escola, Telma da Silva, uma professora foi beber água, e quando estava retornando para à sala, percebeu o aluno engasgado. "Ela ficou desesperada porque ela não sabia fazer a manobra [de Heimlich]", comentou Telma.

O aluno que socorreu, faz parte de um grupo de "desbravadores" de uma igreja evangélica e havia tido curso de primeiros socorros recentemente, explicou a coordenadora. "A gente ficou muito contente com a postura dele. A rapidez com que ele largou o lanche dele e foi atrás para acudi-lo", finalizou Telma.

A criança que se engasgou contou que tinha comido carne no intervalo, quando percebeu que o alimento não "descia". Segundo a mãe, a pedagoga Jocilene Machado, 43, o menino tentou provocar o vômito mas não estava conseguindo, quando o colega veio e ajudou. "Eu fiquei muito aliviada. Ele foi um anjo que salvou a vida do meu filho, e nossa, sou muito grata a Deus, por ele estar lá naquele momento e ter salvo a vida do meu menino", comentou.

Incidente comum - No início desse mês, um menino de 3 anos se engasgou com um pedaço de bolo em Cassilândia, a 419 quilômetros de Campo Grande. O menino, no entanto, não resistiu. No momento do acidente, uma profissional da unidade escolar aplicou técnicas de primeiros socorros, mas sem sucesso.

Os pais, ainda em choque com o ocorrido, acreditam que os profissionais da educação demoraram para perceber que a criança havia se engasgado. “Quando foram ver ele já tinha caído no chão, estava roxo. Já não tinha mais o que fazer. Acredito que se tivessem visto antes, na hora que ele começou a passar mal, tinham salvado meu filho”, relatou o pai, que no momento em que recebeu a notícia trabalhava em Chapadão do Sul.

Em março deste ano, uma outra criança de 3 anos morreu após se engasgar com um pedaço de carne, durante um churrasco em Ponta Porã. Os pais, ao perceberem que a criança estava engasgada, tentaram técnicas de desengasgo, e sem sucesso, procuraram uma unidade de saúde.

Lei - Em 2018, foi sancionada pela Presidência da República a Lei Lucas, 13.722, em que obriga as escolas e estabelecimentos de recreação infantil, públicas e privadas de educação infantil e básica a fazerem curso de capacitação de professores e funcionários públicos em noções básicas de primeiros socorros.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias