ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Dados da Sejusp indicam queda na violência na região de fronteira em MS

Por Luciana Brazil | 16/07/2014 14:49
O secretário Wantuir Jacini, de Justiça e Segurança Pública. (Divulgação/Sejusp)
O secretário Wantuir Jacini, de Justiça e Segurança Pública. (Divulgação/Sejusp)

A criminalidade teve redução nos últimos seis meses nos municípios localizados na faixa de fronteira de Mato Grosso do Sul, de acordo com dados da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública). Números divulgados nesta terça-feira (15), mostram as reduções consideráveis nos índices de crime que mais causam impactos na sociedade, os crimes contra a vida e o patrimônio. Ponta Porã foi a cidade que mais apresentou bons resultados, com queda de 11,1% nos homicídios e 26,6% nos furtos a residências.

Para o secretário de Justiça, Wantuir Jacini, a queda nos números da violência são consequência do comprometimento e constantes ações do governo do Estado. “Na maioria dos crimes estamos atingindo a meta estipulada de redução que é entre 6 e 8%, mas estamos trabalhando focados em diminuições ainda maiores”, afirma jacini.

A lesão corporal seguida de morte caiu 66,7% em toda faixa fronteiriça, que inclui as cidades vizinhas ao Paraguai e a Bolívia. Esse foi o melhor resultado apurado pelo estudo. Roubo a residência (11,1%), roubo de veículos (8,5%), furto a residência (7,4%), furto (6,2%) e furto de veículos (2,8%) aparecem na sequência.

Para os próximos meses, o secretário afirma que já estão programadas várias operações surpresas em bairros de Ponta Porã e de outros município na fronteira. A ações visam reprimir e combater principalmente homicídios, roubos e furtos.

Policia Militar e Civil realizam ações em Ponta Porã, em toda a faixa da fronteira, no centro, e bairros do Granja, Jardim Altos da Glória, Jardim Marambaia, Residencial Ponta Porã, Jardim São João, Vila Áurea, São Domingos, Santa Izabel, Jardim Vitória e Vila Reno.

Apesar dos dados, em Ponta Porã, uma reunião realizada esta nesta semana entre empresários e representantes do comércio pediu mais segurança, incluindo a presença da Força Nacional de Segurança no perímetro urbano.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário