A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

26/08/2018 20:51

Defesa Civil entrega alimentos para 220 famílias atingidas pela cheia

Maioria atingida pela cheia da planície pantaneira, entre o Porto do Formigueiro e o Forte Coimbra

Gabriel Neris
Homem ribeirinho recebe alimento da Defesa Civil (Foto: Divulgação)Homem ribeirinho recebe alimento da Defesa Civil (Foto: Divulgação)

População ribeirinha da região do baixo Pantanal, em Corumbá - a 419 km de Campo Grande - recebeu da Defesa Civil cestas básicas e kits infantil e adulto de limpeza e higiene pessoal. A ação realizada de forma conjunta com o município foi concluída no sábado e beneficiou cerca de 220 famílias, a maioria atingida pela cheia da planície pantaneira, entre o Porto do Formigueiro e o Forte Coimbra.

O material enviado ao Estado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil também será levado para as comunidades das regiões da Serra do Amolar, no alto Pantanal, e do Taquari, totalizando mais de 600 famílias. São 18 toneladas de alimentos recebidos pela Defesa Civil.

“Era o socorro que todos esperavam”, disse o presidente da Associação dos Moradores de Porto Esperança, José Domingos Benites. A comunidade está inundada pelo transbordamento do Rio Paraguai, prejudicando o turismo de pesca, principal fonte de renda das famílias do distrito.

O apoio da União de socorro aos pantaneiros tem o respaldo do decreto municipal de situação de emergência, acatado pelo Estado e reconhecido pelo governo federal em junho. Em maio, no pico da cheia, Estado e Município monitoraram a região atingida e cadastraram as famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica.

Segundo o tenente-coronel Fábio dos Santos Catarineli, coordenador da Cedec (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil), na segunda etapa da ação o Estado doará estoque de medicamentos à Prefeitura de Corumbá para atender os ribeirinhos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions