A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

06/06/2019 14:13

Dois são presos por assassinato de ex-presidiário perto de escola

Suspeitos serão apresentados amanhã em Dourados; vítima tinha extensa ficha criminal e já havia escapado de dois atentados

Helio de Freitas, de Dourados
Suspeitos de matar ex-presidiário ontem à noite em Dourados chegam à delegacia, nesta quinta (Foto: Adilson Domingos)Suspeitos de matar ex-presidiário ontem à noite em Dourados chegam à delegacia, nesta quinta (Foto: Adilson Domingos)

O SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil prendeu dois suspeitos de matar o ex-presidiário Leandro Dantas de Lima, 26, o “Zóio de Gato”, na noite de ontem (5) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Os nomes dos presos não foram divulgados e eles serão apresentados na manhã desta sexta-feira (7), segundo o delegado Rodolfo Daltro.

Com uma extensa ficha criminal desde quando era menor de 18 anos e com passagens por tráfico de drogas, ameaça e lesão corporal, Leandro foi morto perto de uma escola no Jardim João Paulo II, na região leste de Dourados.

Ele vendia sacos plásticos recicláveis para um projeto da Igreja Católica que atende pessoas em recuperação de dependência química quando foi atingido por quatro tiros, no braço, no peito e na perna.

Existem duas versões para o crime. A primeira era de que os assassinos estavam de bicicleta. Entretanto, uma testemunha revelou nesta quinta-feira que o atirador se aproximou da vítima a pé e depois do crime fugiu em um Fiat Uno.

Leandro de Lima já tinha escapado de dois atentados em Dourados. O mais recente aconteceu no dia 20 de maio do ano passado quando foi alvejado a tiros no Jardim Pantanal.

. Quatro dias após o atentado, dois homens se apresentaram à polícia e confessaram a tentativa de assassinato, por vingança, já que Leandro teria esfaqueado o primo de um deles uma semana antes.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions