A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

13/07/2014 19:30

Dona de fazenda é multada em R$ 56 mil por crime ambiental

Alan Diógenes

Policiais Militares Ambientais de Porto Murtinho fiscalizavam anteontem (11) uma propriedade rural do município, quando se depararam com crime ambiental de extração ilegal de madeira protegida por lei da espécie “aroeira”, além de outras espécies.

De acordo com informações do site Aquidauana News, a proprietária da fazenda havia derrubado 45 árvores da espécie aroeira (proibida de corte), além de outras árvores da espécie piúva, entre outras, sem autorização do órgão ambiental. A madeira explorada ilegalmente era transformada em estacas para cerca, tábuas, postes, palanques, vigas, costaneiras e pranchas.

Nos acampamentos montados para a exploração da madeira, a PMA apreendeu: 71 estacas, 11 postes e 6 toras de aroeira; 141 estacas de piúva, 175 tábuas e 26 porteiras de madeira branca. As atividades ilegais foram paralisadas.

A PMA autuou a proprietária rural em R$ 56,5 mil. Ela responderá por crime ambiental. Se condenada, poderá pegar pena de um a dois anos de reclusão. A pena é agravada devido ao corte proibido da aroeira.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions