ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  23    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Dourados libera cursos técnicos e bares, mas venda de álcool só até 20h

Prefeitura diz que apesar de flexibilização, medidas de isolamento ainda são necessárias

Por Helio de Freitas, de Dourados | 13/08/2020 13:31
Cruzamento da João Cândido Câmara com Marcelino Pires, no centro de Dourados; cidade chegou hoje a 4.704 casos positivos (Foto: Helio de Freitas)
Cruzamento da João Cândido Câmara com Marcelino Pires, no centro de Dourados; cidade chegou hoje a 4.704 casos positivos (Foto: Helio de Freitas)

Decreto a ser publicado na tarde desta quinta-feira (13) amplia a partir de amanhã as medidas de flexibilização em Dourados, a 233 km de Campo Grande. No dia em que a cidade chegou a 4.704 casos positivos do novo coronavírus, dos quais 90% já estão recuperados, a prefeitura vai autorizar a retomada de cursos profissionalizantes e aulas práticas nas universidades.

As igrejas ficam autorizadas a promover eventos religiosos três vezes por semana – até hoje eram apenas duas. Entretanto, precisam adotar medidas de biossegurança para garantir o distanciamento entre os fieis.

Bares e conveniências podem voltar a receber clientes, mas a venda de bebida alcoólica só pode ocorrer até 20h, inclusive nos restaurantes e na praça de alimentação do shopping. Desde junho, bares e conveniências só podiam vender por delivery ou para retirada. O toque de recolher fica mantido das 22h às 5h.

Em relação às academias de ginástica, a prefeitura decidiu manter autorização de funcionamento às segundas, quartas e sextas. As medidas valem por 14 dias.

Na transmissão ao vivo pela página da prefeitura no Facebook, o assessor especial do gabinete, Alexandre Mantovani, afirmou que a reabertura está sendo adotada com sobriedade em Dourados e que o distanciamento social é necessário para manter a doença sob controle.

O comitê local de enfrentamento à covid-19 anunciou que nesta quinta-feira Dourados tem 4.201 infectados já recuperados e 439 casos ativos, sendo 416 pessoas em isolamento domiciliar e 23 internadas, sendo 16 em leitos de enfermaria e sete em terapia intensiva.

Dourados tem 64 mortes em decorrência do novo coronavírus. Nesta quinta, o comitê local anunciou a morte de morador do Mato Grosso que estava internado em Dourados, mas o óbito vai na estatística da cidade de origem do paciente.