A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

11/09/2017 11:59

Duas semanas após morte, polícia aguarda laudo sobre adolescente grávida

Cigana de 15 anos morreu com tiro na cabeça após briga com namorado, que deixou o estado junto com a família; polícia suspeita de homicídio e diz que homem está sendo ‘monitorado’

Helio de Freitas, de Dourados
Adolescente morreu com tiro na cabeça e polícia investiga se ela foi assassinada (Foto: Adilson Domingos)Adolescente morreu com tiro na cabeça e polícia investiga se ela foi assassinada (Foto: Adilson Domingos)

A polícia ainda aguarda os laudos sobre a morte da adolescente Iris Ferreira Silva, 15, ocorrida na madrugada do dia 27 de agosto deste ano em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Apesar da versão inicial de que ela poderia ter se matado com um tiro na cabeça após descobrir que o namorado tinha outra mulher, a suspeita agora é de homicídio.

Ao Campo Grande News, o delegado regional da Polícia Civil, Lupérsio Degerone, disse hoje (11) que ainda está sendo esperado o resultado do exame residuográfico das mãos da adolescente, para descartar ou não o suicídio.

Integrante de um grupo de ciganos vindos da Bahia para vender redes e outros artigos de artesanato, Iris Ferreira Silva foi encontrada morta em um dos cômodos de uma casa localizada no bairro Terra Roxa.

Outras pessoas que estavam na casa, entre elas o irmão da adolescente, afirmaram que Iris brigou com o namorado e logo em seguida ouviram um tiro. Quando foram ao quarto, encontraram a menina morta. O namorado, que não teve a identidade revelada pela polícia, deixou o local levando a arma. Nos dias seguintes, todos deixaram a cidade e o corpo de Iris foi levado para a Bahia.

“Ainda esperamos os laudos para descartar ou não o suicídio, mas temos outros elementos de informação que caminham para homicídio”, disse o delegado.

Segundo ele, o fato de o namorado da adolescente ter fugido da cidade é mais um motivo que reforça a possibilidade de crime. “Ele está identificado, foi para outro estado e está sendo monitorado”. Iris estava grávida de dois meses e havia se mudado com a família e o namorado da Bahia para Dourados há três meses.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions