A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

08/07/2016 19:46

Dupla obrigou taxista a rodar 100 km antes de cometer assassinato

Fernanda Yafusso
Dupla foi presa na tarde dessa sexta-feira (8) (Foto Dourados News)Dupla foi presa na tarde dessa sexta-feira (8) (Foto Dourados News)

Os responsáveis pelo assassinato do taxista Valdir Luiz Silva, 74, foram presos por policiais civis do SIG (Serviço de Investigações Gerais), na tarde desta sexta-feira (8), em Dourados - distante 233 km da capital. Anderson Barbosa Ramos, 23, e Beatriz Barbosa de Oliveira, 18, são primos e teriam premeditado o crime com a intenção de levar dinheiro do taxista.

De acordo com informações do site Dourados News, o delegado do SIG responsável pelas investigações, Mateus Zampiere revelou que os acusados telefonaram para a vítima por volta de 14h, solicitando uma corrida e que já tinham a intenção de cometer o assalto e assassinar o taxista.

Os três rodaram por aproximadamente 2h e percorreram um trajeto de aproximadamente 100 km em meio a propriedades rurais da região, até que o crime fosse consumado, no cruzamento das ruas Balbino de Matos e Nilson Senatore, na Chácara Flora.

De acordo com o delegado, a dupla fez tudo premeditado mas que teria faltado coragem para consumarem o crime em outro local. Além disso, os primos divergem sobre quem foi o autor do esfaqueamento que acabou matando a vítima.

Flagrante - A prisão da dupla aconteceu na casa de Beatriz, na região do Jardim Cuiabazinho, após a polícia pesquisar o registro de ligação feita pelos suspeitos.

Na casa os policiais encontraram o aparelho de telefone celular utilizado para a chamada do taxista e as roupas manchadas de sangue usadas pela dupla. A faca utilizada para o crime já havia sido encontrada na tarde de quinta-feira, próximo ao local do assassinato.

Os primos serão autuados em flagrante pelo latrocínio consumado, roubo seguido de morte.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions