A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Agosto de 2019

29/08/2018 09:24

Dupla que atirou em PMs disfarçados vai a júri por tentativa de homicídio

Os dois acusados teriam confundido policiais do serviço reservado com inimigos e houve troca de tiros, em janeiro

Helio de Freitas, de Dourados
Os dois acusados foram feridos a tiros e socorridos pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)Os dois acusados foram feridos a tiros e socorridos pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Dois homens que confundiram policiais do serviço de inteligência da Polícia Militar com bandidos concorrentes estão sendo julgados hoje (29) em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

Bruno Cavalcante de Lira, 21, e Diego Cardoso Benites, 28, trocaram tiros com os policiais Adalto Albino de Cássio e Tiago Nobre da Silva e acabaram feridos. Os dois foram presos em flagrante e nesta quarta enfrentam o Tribunal do Júri por tentativa de homicídio qualificado.

De acordo com o processo, no dia 29 de janeiro deste ano, os dois policiais, usando carro descaracterizado e sem farda – eles fazem parte da Agência Local de Inteligência – faziam investigações na Vila Cachoeirinha, na região sul da cidade.

Acreditando que os dois homens fossem bandidos rivais, a dupla atirou nos policiais, que revidaram aos disparos e feriram os dois. Bruno e Diego já possuíam antecedentes criminais e estavam no regime semiaberto quando foram baleados e presos.

Além da tentativa de homicídio, os dois respondem por porte ilegal de arma e munições. Os dois aguardaram o julgamento na prisão por decisão da Justiça.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions