A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

18/03/2019 10:54

Em “boca”, PM usa bala de borracha para conter acusado de ameaçar a ex

Homem tentou atropelar a ex-mulher e ameaçou matar todos na casa; depois se escondeu em outra residência, onde policiais encontraram maconha e prenderam a proprietária do imóvel

Helio de Freitas, de Dourados
Josemir Ávalo foi preso acusado de ameaçar e agredir a ex-mulher (Foto: Divulgação/PM)Josemir Ávalo foi preso acusado de ameaçar e agredir a ex-mulher (Foto: Divulgação/PM)

A Polícia Militar teve de usar balas de borracha para conter Josemir Vargas Ávalo, 27, acusado de tentar atropelar a ex-mulher, agredi-la com tapas no rosto e ameaçar de morte outras pessoas na casa. O episódio aconteceu na noite de ontem no Jardim Canaã V, região leste de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. Fora de controle, Josemir investiu contra os policiais, que tiveram de usar de força física para conter o suspeito.

Na casa onde ele tentou se esconder, os policiais encontraram um tablete com 585 gramas de maconha e prenderam por tráfico de drogas a propriedade do imóvel, Maria de Fátima Pereira Cavalcante, 47.

De acordo com a Polícia Militar, o caso começou ainda na tarde de ontem, quando Josemir passou várias vezes em frente à casa da ex-mulher, Tatiane Fernandes. Além de tentar atropelá-la com a moto, ele fez ameaças, apesar de a ex-mulher ter contra ele uma medida protetiva expedida pela justiça.

A PM foi ao local, mas não conseguiu localizar o suspeito. Por volta de 21h, Josemir retornou à residência da vítima e passou a agredi-la com tapas no rosto e também teria agredido com golpes de capacete um amigo da mulher que estava no local. Antes de fugir, ele disse que voltaria e mataria todos que estavam na casa.

As vítimas das agressões conseguiram tomar a chave da moto de Josemir e chamaram a polícia. Ele fugiu a pé e quando percebeu a viatura da PM se escondeu na casa de Maria de Fátima, no mesmo bairro.

Depois que o suspeito foi dominado, os policiais foram informados por Maria de Fátima que o homem seria amigo de seu filho e que teria se escondido na casa sem o consentimento dela.

Como havia suspeita de que Josemir estivesse armado, os policiais fizeram buscas na casa e encontraram o tablete de maconha embaixo de um colchão. Uma denúncia anônima à polícia no momento em que os policiais estavam na casa revelou se tratar de uma “boca de drogas”.

Maria de Fátima negou ser dona da maconha e disse que a droga seria de Josemir. Ele negou e os dois foram levados para a Polícia Civil, onde Maria de Fátima foi autuada em flagrante por tráfico e Josemir por resistência, violência doméstica e por descumprir ordem judicial ao se aproximar da ex-mulher.

Homem esfaqueia a própria filha depois da menina denunciar estupro
Um homem, de 47 anos, é suspeito de ter esfaqueado a própria filha, de 18 anos, na aldeia Limão Verde, em Amambai, a cerca de 360 quilômetros de Camp...
Jovem é presa após estrangular e tentar matar o filho de apenas 3 anos
Uma jovem, de 20 anos, foi presa nesta terça-feira (22) depois de tentar matar estrangulado com um fio o filho, de apenas 3 anos, em Coxim, cidade a ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions