A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

15/10/2018 13:10

Em MS, 3 cidades devastadas por temporais decretaram emergência

Com o decreto, as prefeituras podem recorrer ao governo federal para conseguir verba para financiar reparos e contratar obras emergenciais sem a necessidade de licitação

Anahi Zurutuza
Telhado e forro de escola em Bandeirantes foram destruídos durante temporal. (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)Telhado e forro de escola em Bandeirantes foram destruídos durante temporal. (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)

Amambai, Caarapó e Bandeirantes decretaram emergência depois que temporais das últimas semanas deixaram rastro de destruição. O levantamento é da Coordenadoria de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul, que acompanha a situação.

Com o decreto, as prefeituras podem recorrer ao governo federal para conseguir verba para financiar reparos e contratar obras emergenciais sem a necessidade de licitação.

Em Amambai, estradas rurais e pontes foram danificadas. Por isso, o acesso ao Assentamento Sebastião Rosa da Paz, localizado entre Amambai e Jutí, ficou comprometido, segundo levantou a Secretaria Municipal de Obras em parceria com a Defesa Civil.

Entre os dias 8 e 11, choveu cerca de 300 milímetros na cidade do sul do Estado.

Em Caarapó, famílias chegaram a ficar temporariamente desabrigadas porque tiveram casas invadidas pela enxurrada durante as chuvas que caíram na cidade entre 8 e 10. Conforme o meteorologista Natálio Abrão, o acumulado de chuva chegou a 249,8 mm, 85 milímetros a mais do esperado para todo o mês de outubro, quando a previsão era de 164,8 mm. A cidade enfrentou ventos de mais de 50 km/h.

O temporal com ventos de 100 km/h no dia 27 de setembro desalojou 150 famílias, arrancou cerca de 100 árvores, deixou 10 feridos e destelhou pelo menos três prédios públicos entre eles o hospital de Bandeirantes.

Casa inundada em Caarapó (Foto: Alô Caarapó)Casa inundada em Caarapó (Foto: Alô Caarapó)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions