A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

30/06/2016 07:03

Engenheira de 37 anos morre por complicações em cirurgia bariátrica

Renata Volpe Haddad
Vivian morreu 26 dias depois de realizar cirurgia bariátrica.  (Foto: Reprodução/ Facebook)Vivian morreu 26 dias depois de realizar cirurgia bariátrica. (Foto: Reprodução/ Facebook)

A engenheira de Segurança do Trabalho, Vivian Teixeira Bogamil, 37 anos, morreu na manhã de terça-feira (28) em decorrência de complicações de uma cirurgia bariátrica, realizada em Campo Grande, há três semanas. A mulher morava em Três Lagoas, distante 338 km de Campo Grande.

Segundo informações do site Hoje Mais, Vivian teria passado mal na segunda-feira (27) e ido a UPA (Unidade de Pronto Atendimento Comunitário) do município, onde foi atendida e encaminhada ao Hospital Auxiliadora por conta da gravidade do caso. Um grampo da cirurgia se rompeu e causou infecção.

Em nota, a assessoria de comunicação do Hospital Auxiliadora informou que ela deu entrada a unidade na segunda-feira, às 8h50. Vivian foi internada, medicada e no dia 28, foi encaminhada ao Hospital Cassems de Três Lagoas, onde morreu momentos depois de dar entrada a UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Uma amiga de Vivian que preferiu não se identificar, contou que ela sempre teve vontade de emagrecer. Depois de algum tempo de pesquisas por cirurgiões ela resolveu fazer a bariátrica. “Ela tinha uma saúde de ferro, mas depois de 15 dias que havia sido operada começou a ter complicações”, disse.

Vivian era solteira e deixou uma filha de quatro anos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions