ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Equipe extra de bombeiros é enviada para combate de incêndio no Pantanal

Iniciado há uma semana, incêndio já consumiu mais de 30 mil hectares de vegetação, diz Corpo de Bombeiros

Por Mylena Fraiha | 03/02/2024 12:45
Fogo consome vegetação nativa às margens do Rio Paraguai, com a Serra do Amolar ao fundo (Foto: Corpo de Bombeiros)
Fogo consome vegetação nativa às margens do Rio Paraguai, com a Serra do Amolar ao fundo (Foto: Corpo de Bombeiros)

Neste sábado (3), o Corpo de Bombeiros mobilizou equipes extras para dar continuidade ao combate ao incêndio florestal que assola a região da Serra do Amolar, no Pantanal de Corumbá, distante 428 km da Capital.

O incêndio, que teve início há uma semana, já consumiu mais de 30 mil hectares de vegetação, conforme informado pelo Corpo de Bombeiros. Desde segunda-feira (29), as equipes têm trabalhado tanto no solo quanto por ar, utilizando aeronaves para lançar água sobre as chamas.

Para reforçar os trabalhos, uma guarnição adicional composta por 4 militares foi deslocada para a região. Apesar de alguns focos terem sido controlados com a ajuda das chuvas recentes, o fogo persiste na área, que é alagada e de difícil acesso.

Dois aviões foram mobilizados para as operações de hoje (3), sendo um destinado ao combate direto às chamas e outro para transporte de suprimentos e pessoal. Uma das aeronaves, modelo 'air tractor', é capaz de transportar até 3 mil litros de água para áreas de difícil acesso. Outro avião, modelo Baron, também está envolvido nas operações para combater as chamas.

O GOA (Grupo de Operações Aéreas) foi acionado para monitorar o incêndio na Serra do Amolar e apoiar equipes em solo. As operações seguem em curso e sem previsão de controle da queimada. Uma densa fumaça predomina a região. Nenhum animal foi encontrado morto até o momento.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias