A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

23/11/2015 09:36

Estado e prefeitura discutem obras, mas recapeamento fica para 2016

Projeto de revitalização do Distrito Industrial está sendo preparado, mas também fica para 2016, assim como recuperação de estradas

Helio de Freitas, de Dourados
Representantes do governo do Estado e da prefeitura com vereadores para discutir obras (Foto: Chico Leite/Divulgação)Representantes do governo do Estado e da prefeitura com vereadores para discutir obras (Foto: Chico Leite/Divulgação)

O tão esperado recapeamento de avenidas e ruas do quadrilátero central de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, foi mais uma vez adiado. A prefeitura pediu apoio ao Estado para fazer a recuperação, mas as obras só devem começar em 2016, como ficou definido em reunião na semana passada entre representantes do município e do governo estadual.

O secretário estadual de Infraestrutura, Ednei Marcelo Miglioli, e o diretor-presidente da Sanesul, Luiz Rocha, se reuniram com o vice-prefeito Odilon Azambuja (PMDB), com secretários municipais e vereadores e confirmaram para os próximos dias a inauguração da duplicação da Avenida Guaicurus, que liga o perímetro urbano ao aeroporto e à Cidade Universitária.

Recentemente, moradores denunciaram em vídeos postados nas redes sociais a falta de qualidade da obra, como infiltrações no asfalto e trechos desmoronando.

De acordo com a assessoria do prefeito Murilo Zauith (PSB), ele já havia solicitado ao governador Reinaldo Azambuja a recuperação das avenidas Marcelino Pires, Joaquim Teixeira Alves, Weimar Gonçalves Torres e Hayel Bon Faker e todo o quadrilátero central da cidade. Além dos buracos, a maioria das ruas de Dourados está com o asfalto comprometido por falta de recapeamento.

Miglioli informou que o governador garantiu a recuperação das avenidas em 2016, mas o restante das ruas será feita ao longo do mandato. Pelas contas da prefeitura, a parte assumida pelo Estado para ser feita no ano que vem representa 400 mil metros quadrados de ruas.

Distrito Industrial – Alvo de constantes reclamações dos empresários locais, o Distrito Industrial de Dourados começa a ser recuperado em 2016, segundo o secretário de Infraestrutura.

O Estado se comprometeu a fazer um projeto sobre a necessidade de infraestrutura, construir uma nova avenida e restaurar a já existente. Segundo Migliori, o licenciamento do distrito já está em andamento.

Sobre estradas vicinais, cobradas pelos vereadores, o secretário informou que está previsto para o ano que vem o recapeamento de 35 km das rodovias MS-470 e 379 e anunciou R$ 1 milhão, em emenda da deputada federal Tereza Cristina, para drenagem e asfalto em Vila Vargas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions