ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Estudante brasileira é achada morta em residência na fronteira

Jovem foi encontrada por uma amiga, no chão de um dos cômodos da casa, que era alugada

Por Danielle Valentim | 20/08/2018 08:22
Havia bastante sangue no local onde brasileira foi morta a facadas (Foto: Porã News)
Havia bastante sangue no local onde brasileira foi morta a facadas (Foto: Porã News)

A estudante Erika de Lima Corte, de 29 anos, foi encontrada morta na madrugada, desta segunda-feira (20), em uma residência no bairro Bernardino Caballero, em Pedro Juan Caballero, cidade que faz divisa com Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande. A polícia paraguaia investiga o caso.

A polícia foi acionada por telefone e a jovem foi encontrada no chão de um dos cômodos da casa, que era alugada. Havia bastante sangue no local, mas a forma como a jovem foi assassinada não foi divulgada pelo Capita Bado.

Conforme o 1º comissário Mcal. Estigarribia, que seria o cargo de um delegado no Brasil, informou que a morte ocorreu por volta das 0h30. A patrulha móvel foi para o local e a perícia coletou dados. Uma equipe Criminalística da Divisão de Investigação Criminal de Homicídios e o médico Dr. Cesar Gonzalez Forensics também foram chamados.

No local, os policiais conversaram com outra estudante, identificada como Milena Cristina de Matos Oliveira Brasileiro, de 20 anos, que alegou não estar em casa quando o crime ocorreu. Ele morava com a vítima em uma casa alugada.

Os documentos pessoais da vítima apontam que ela nasceu em Barra do Garças, Mato Grosso. O advogado Gabriel Segovia também acompanha o processo. O caso será investigado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário