ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  25    CAMPO GRANDE 36º

Interior

Estudantes criam central de atendimento para tirar dúvida sobre covid-19

Call-center de acadêmicos de medicina da UFGD e de enfermagem da Uems atende pelo 0800-494-1533

Por Helio de Freitas, de Dourados | 14/08/2020 16:04
Drive-thru da covid-19, no quartel do Corpo de Bombeiros em Dourados (Foto: Helio de Freitas)
Drive-thru da covid-19, no quartel do Corpo de Bombeiros em Dourados (Foto: Helio de Freitas)

Estudantes de medicina da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e de enfermagem da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) coordenam o projeto “Orienta Covid Dourados”, call-center através do 0800-494-1533 para a população tirar dúvidas sobre a doença.

O serviço também direciona pessoas com sintomas para a unidade de saúde apropriada. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer lugar do País.

Conforme a assessoria da UFGD, o serviço funciona de segunda à sexta-feira das 8h30 às 11h30 e das 17h às 20h. São 40 voluntários participando da ação, sendo 28 estudantes de medicina e 12 de enfermagem, além de 20 profissionais da saúde – dez enfermeiros e dez médicos.

"O projeto foi idealizado pelos acadêmicos de medicina e enfermagem da Unicamp que no início da pandemia enxergaram a demanda que surgiria sobre uma doença pouco conhecida", explicou Ágatha Oliveira Felice, de Uberlândia (MG), estudante do 3º ano de medicina na UFGD.

Casos – Nesta sexta-feira (13), Dourados chegou a 4.714 casos positivos do novo coronavírus, apenas dez casos a mais que ontem. Conforme o comitê local de enfrentamento à pandemia, 4.221 infectados já estão recuperados.

A cidade tem 428 casos considerados ativos, sendo 405 em isolamento domiciliar e 23 pessoas internadas – 14 em enfermaria e 9 em leitos de UTI. Outros nove moradores de cidades da região ocupam leitos de terapia intensiva em Dourados.

Nesta sexta o comitê confirmou a 65ª vítima da doença. Homem de 78 anos, que tratava de câncer na bexiga, morreu ontem. Hoje Dourados foi superada por Corumbá no ranking de mortes pela covid-19 em Mato Grosso do Sul. A cidade pantaneira assumiu o segundo lugar, com 69 vítimas. O primeiro lugar é da Capital, com 222 óbitos.