ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Suspeito de atear fogo em casa com crianças é preso

Meninas foram espancadas antes de o imóvel ser incendiado de propósito; vizinhos viram moto deixando o local

Por Ana Beatriz Rodrigues | 08/12/2023 14:56
Fachada da casa da meninas onde o crime aconteceu (Foto: Lucas Martins/Região News)
Fachada da casa da meninas onde o crime aconteceu (Foto: Lucas Martins/Região News)

Equipe da Polícia Civil prendeu em flagrante o suspeito de atear fogo na casa onde estavam irmãs de 5 e 11 anos, em Sidrolândia. O rapaz de 30 anos foi localizado na cidade de Nioaque, 115 quilômetros distante do local do crime. A menina mais velha teve 70% do corpo queimado e a caçula foi socorrida com queimaduras na perna e no braço.

A delegada Bárbara Fachetti Ribeiro, titular da delegacia da cidade e responsável pela investigação, disse que “em primeiro momento, o flagrante será por incêndio”, explicou, sem detalhar o que poderia surgir no "segundo momento".

Ainda conforme informações da delegada, o suspeito vai prestar depoimento durante a tarde para esclarecer o que houve.

O suspeito foi encontrado já na noite de ontem (7). O rapaz, que não teve idade nem o nome divulgados, foi conduzido até a delegacia após os policiais localizarem a moto dele.

Para a polícia, o ex-namorado negou ter ateado fogo na casa da ex-companheira. Ele disse apenas que passou em frente do local do crime, porém não parou. Os vizinhos o viram deixando o local e denunciaram à mãe das meninas. Além das queimaduras, os médicos notaram que as duas irmãs apresentavam sinais de espancamento.

Crime - A mãe das meninas estava na fábrica onde trabalha no momento do fogo. Como precisa do emprego e não tem com quem deixar as filhas, ela diz que costuma monitorar as meninas pelo celular, sempre conectada por vídeo. Ela suspeita que o ex-namorado tenha se vingado após a separação, colocando fogo na casa.

Os vizinhos contaram que logo depois que a fumaça apareceu, eles correram para frente da casa e viram um homem sair de moto, que seria o ex-companheiro da mãe das crianças. Como o estado das meninas é grave, as duas foram transferidas para a Santa Casa de Campo Grande.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias