A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Novembro de 2017

25/11/2014 09:46

Ex-policial é preso por ameaça a testemunha antes de audiência

Caroline Maldonado

Um ex-policial civil de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, foi preso sob acusação de ameaça contra um arquiteto que iria prestar depoimento em seu desfavor na semana passada. A vítima disse ter sido ameaçada e buscou auxílio do Ministério Público para se resguardar, quando ainda estava no Fórum, no dia da audiência.

De acordo com o jornal Perfil News, o juiz Ronaldo Gonçalves Onofri, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Três Lagoas, expediu e o titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil, delegado Paulo Rosseto, cumpriu mandado de prisão preventiva de José Lopes da Silva Júnior, sexta-feira (21).

A ameaça, segundo a vítima, ocorreu na quarta-feira (19), dia em que a testemunha iria prestar depoimento sobre a compra de uma arma que adquiriu de José Lopes. Depois de prestar depoimento, a vítima fez a denúncia ao Ministério Público. O armamento pode ter sido desviado do lote que foi arrecadado quando na campanha do desarmamento.

Segundo a testemunha, foi comprado um revólver calibre 38 do então investigador José Lopes e em seguida ambos teriam negociado a troca dessa arma por outra, uma pistola. Essa última arma, de acordo com a vítima, não tinha recibo, de acordo com o jornal Perfil News.

A negociação ocorreu antes de José Lopes ser expulso da Polícia Civil, em 2011. Ele foi acusado de envolvimento em tortura, junto aos policiais civis Iraceno Teodoro Alves Neto e Rubens Baptista Filho. Além disso, foi acusado de fazer parte de quadrilha de exploração de jogos de azar, desfeita durante a Operação Xeque-Mate, desencadeada pela Polícia Federal em 2007. 

Policiais civis envolvidos em tortura são expulsos do governo
Demissão está no Diário Oficial de hojeEnvolvidos em tortura, os policiais civis Iraceno Teodoro Alves Neto, José Lopes da Silva Júnior e Rubens Bap...
Homem é assassinado com tiro na cabeça enquanto discutia com a ex
João Ricardo Benevides Mendes, 33 anos, foi morto a tiros durante a tarde desta sexta-feira (17) em Rio Verde de Mato Grosso, a 207 quilômetros de Ca...
MPE pede que prefeitura implemente mais rigor em contratos com hospitais
O MPE-MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) recomendou à prefeitura de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - que ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions