ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  15    CAMPO GRANDE 20º

Interior

Funcionários da JBS testam positivo e contaminações vão de 45 para 62

Outros 17 pacientes se recuperaram no município nesta segunda-feira.

Por Tainá Jara | 01/06/2020 18:25
Tende para testagem instalada no município de Itaporã (Foto: Divulgação/Prefeitura Itaporã)
Tende para testagem instalada no município de Itaporã (Foto: Divulgação/Prefeitura Itaporã)

Dos 100 funcionários do frigorífico da JBS, moradores do município de Itaporã, distante 228 quilômetros de Campo Grande, testados para verificar casos de covid-19, 17 estão com a doença. O resultado representa incrimento de quase 40% no número de 45 casos confirmados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) até a manhã desta segunda-feira.

A primeira leva dos resultados, feita pelo laboratório da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul),foi encaminhada hoje para prefeitura. Na última terça-feira 26, 122 amostras de exames dos profissionais e familiares de profissionais que trabalham na unidade do frigorífico, localizada em Dourados, foram coletadas para análise na tenda de apoio ao combate da covid-19, em frente ao Hospital Municipal.

Conforme gerencia de saúde, toda a responsabilidade desta coleta e liberação de resultados é da empresa JBS, os profissionais de Itaporã apenas auxiliaram na coleta de material e cederam o espaço.

Dos 100 primeiros resultados liberados hoje, 83 deram negativos e 17 casos positivos. Com estes recentes números, Itaporã passa a registrar 62 casos confirmados.

As autoridades sanitárias do município reforçam o pedido para que a população evite aglomerações, respeite, o toque de recolher no horário compreendido das 20h00 horas até às 05h00 do dia seguinte, sobretudo, que respeite a obrigatoriedade do uso de máscaras para a circulação em vias públicas do município.

Recuperados - Apesar das novas confirmações, cidade também comemorou hoje a recuperação de 17 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus.

Os pacientes recuperados permaneceram em isolamento domiciliar por 14 dias como prevê o protocolo de tratamento estabelecido pelo Ministério da Saúde.

Após este período, pelo qual foram monitorados diariamente pela equipe de atenção básica do município, os pacientes não apresentam nenhum sintoma da doença, o por isso estão liberados da quarentena domiciliar podendo voltar para suas atividades laborais normalmente.

Os recuperados são: 07 do Distrito de Montese; 01 de Piraporã e 09 da sede do município.