ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  19    CAMPO GRANDE 16º

Interior

Fundo falso de carreta era esconderijo para 2,2 toneladas de maconha

Veículo foi apreendido pela Receita Federal, nesta segunda-feira (15), em Mundo Novo

Por Bruna Marques | 16/04/2024 11:31

Fundo falso de uma carreta servia como esconderijo para 2,2 toneladas de maconha. O veículo foi apreendido pela Receita Federal, nesta segunda-feira (15), em Mundo Novo, distante 463 quilômetros de Campo Grande.

A abordagem ocorreu na BR-163, na altura do quilômetro seis. Inicialmente, o que chamou a atenção dos servidores da Alfândega foram os pneus novos, aparentemente de importação irregular.

Durante abordagem, o condutor do veículo, homem paraguaio de 32 anos, alegou ter sido contratado para entrar no Brasil com o veículo vazio, de forma clandestina. Segundo ele, o destino era a cidade de Guaíra (PR), onde carregaria com tomate ou cebola e retornaria ao Paraguai.

Tabletes de droga escondidos no fundo falso da carreta (Foto: Divulgação/Receita Federal)
Tabletes de droga escondidos no fundo falso da carreta (Foto: Divulgação/Receita Federal)

Dadas as circunstâncias da ocorrência, bem como a falta de comprovação da aquisição dos pneus no mercado nacional ou sua regular importação, o veículo foi retido para averiguação. Durante o processo de verificação, os servidores descobriram um compartimento oculto na carreta, onde estavam escondidos os pacotes de maconha.

A droga estava armazenada no assoalho da carreta. Foram encontradas 2,217 toneladas de maconha avaliados em cerca de R$ 4,434 milhões.

Servidor da Receita Federal abrindo fundo falso da carreta (Foto: Divulgação/Receita Federal)
Servidor da Receita Federal abrindo fundo falso da carreta (Foto: Divulgação/Receita Federal)

O veículo com placa paraguaia estava retido desde a madrugada do dia 18 de fevereiro e foi flagrado ao entrar no território nacional, de forma clandestina, através de uma estrada vicinal que liga o Brasil ao Paraguai, em um assentamento irregular.

O veículo e a carga foram encaminhados à Polícia Federal.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias