A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

09/06/2019 09:38

Garoto de 11 anos é baleado e morre; suspeito diz que disparo foi acidental

Caso aconteceu por volta das 18h30 de ontem (8), na propriedade rural (Fazenda Furnas), localizada nas imediações da Producel

Viviane Oliveira
Suspeito foi preso em flagrante e autuado por homicídio doloso, quando há intenção de matar (Foto: Divulgação/Polícia Militar) Suspeito foi preso em flagrante e autuado por homicídio doloso, quando há intenção de matar (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Menino de 11 anos identificado como Luis Otávio Santana de Lima foi morto com um tiro à queima roupa no abdômen. O fato foi por volta das 18h30 de ontem (8), na propriedade rural (Fazenda Furnas), localizada nas imediações da Producel, distante 30 quilômetros do perímetro urbano de Sidrolândia. Suspeito pelo crime, Ivan Alyffer Albuquerque Rocha, 23 anos, conhecido dos familiares da vítima, foi preso em flagrante.

Testemunhas relataram ao site Região News, que Luis Otávio havia saído de casa com o suspeito e o irmão de 13 anos para caçar numa mata na região do Cerro Corá, quando houve o disparo. O revólver calibre 22 foi aprendido.

O garoto foi socorrido por terceiros e durante o caminho, o suspeito que também estava no veículo que fazia o transporte da vítima, tentou fugir ao avistar uma viatura da Polícia Militar na estrada que dá acesso à propriedade, mas foi contido pelo condutor.

“Ele tentou abrir a porta para fugir pela vegetação”, disse a testemunha. Com a chegada dos policiais, Ivan afirmou que o disparo foi acidental. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e prestou os primeiros socorros, mas a vítima chegou morta ao Hospital Elmíria Silvério Barbosa. Ivan foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo e homicídio doloso, quando há intenção de matar. O caso é investigado pela Delegacia de Polícia do Município. 

Arma foi apreendida e levada para a delegacia da cidade (Foto: Divulgação/Polícia Militar) Arma foi apreendida e levada para a delegacia da cidade (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions