ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Hélice quebra e queda de ultraleve mata piloto de 55 anos em Naviraí

Por Aline dos Santos | 25/11/2013 08:25
Ultraleve caiu na tarde de ontem e piloto morreu no hospital. (Foto: Umberto Zum)
Ultraleve caiu na tarde de ontem e piloto morreu no hospital. (Foto: Umberto Zum)

A queda de um ultraleve na tarde de ontem, em Naviraí, a 366 quilômetros da Capital, provocou a morte do piloto José Ângelo Vieira, de 55 anos. Ele era conhecido como “Zé do Avião”. O homem chegou a ser socorrido, mas morreu em hospital de Dourados.

Segundo o site Tá Na Mídia Naviraí, o ultraleve caiu às 17h45 do domingo, logo após levantar voo de um campo de aeromodelismo, próximo ao prolongamento da avenida Caarapó.

Conforme testemunhas, o ultraleve levantou voo, “pegou” altura, mas a hélice quebrou. O ultraleve caiu de bico, em meio à pastagem. Os bombeiros retiraram o piloto das ferragens. Ele foi levado para a Santa Casa de Naviraí e, depois, para Dourados.

O piloto sofreu fraturas e traumatismo craniano. Ainda não se sabe se a aeronave estava devidamente regulamentada para voar.

Apaixonado por aeronaves, Zé do Avião trabalhou no Aeroporto Municipal e ficou famoso por construir seu próprio ultraleve.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário