ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 18º

Interior

Homem é morto com 18 facadas e suspeito tem veículos incendiados por vingança

Além de incendiar carros, autor atirou contra suspeito de matar Lucas José dos Santos, de 39 anos

Por Dayene Paz | 19/05/2022 06:51


Lucas José dos Santos, de 39 anos, foi assassinado com mais de 18 facadas no pescoço, em Nioaque, a 179 quilômetros de Campo Grande. Poucas horas depois do crime, o suspeito de dar as facadas em Lucas foi atingido por tiros e teve três veículos incendiados por vingança. O caso é investigado pela Polícia Civil de Nioaque.

Conforme apurado pela reportagem, a morte de Lucas ocorreu no Assentamento Boa Esperança, na noite da última terça-feira (17). Ele foi encontrado em uma estrada, já sem vida. Informações são de que momentos antes, Lucas estaria na companhia de outros dois homens, um identificado como "Marcão" e outro "Luciano", bebendo no assentamento vizinho. Quando o trio retornava ao Assentamento Boa Esperança, houve o assassinato.

Carros incendiados - Poucas horas depois da morte de Lucas, um homem teria ido à casa de Marcão para matá-lo, acreditando que ele seria o autor das facadas. Na madrugada desta quarta-feira (18), Marcão foi baleado, sendo que dois carros e uma moto que estavam na casa dele foram incendiados.

Conforme o Jardim MS News, em conversa com o delegado de Nioaque, Diego de Queiroz, Marcão informou que havia sido atingido por familiares de Lucas por acreditar que ele seria o autor do homicídio. Devido aos ferimentos, ele foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande.

Um dos envolvidos na tentativa de homicídio contra Marcão acabou preso e está à disposição da Justiça.

Nos siga no Google Notícias