ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  13    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Homem é preso 5 meses depois de assassinar vizinho cego a facadas

Crime ocorreu em Ladário, mas Antonio João Tomicha Nunes foi recapturado em Três Lagoas após fuga

Por Adriano Fernandes | 05/03/2021 23:36
Revanil de Campo Leite de costas na delegacia. (Foto: Polícia Civil)
Revanil de Campo Leite de costas na delegacia. (Foto: Polícia Civil)

Acusado ter ter assassinado Revanil de Campo Leite, de 43 anos, a facadas Antonio João Tomicha Nunes, de 40 anos, foi preso nesta sexta-feira (5) em Três Lagoas, cidade que fica a 338 quilômetros de Campo Grande. Revanil, que era vizinho do suspeito, tinha a saúde bastante debilitada, era portador de diabetes, tinha insuficiência renal crônica e era cego.

 Tomicha chegou a se apresentar à Polícia dois dias depois do assassinado, prestou depoimento e mostrou interesse em "colaborar" com as investigações. No entanto, depois que a vítima morreu ele fugiu, conforme o portal Diário Corumbaense.

Contudo, graças ao trabalho conjunto do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Ladário e Três Lagoas, o suspeito foi localizado. Ele foi indiciado pelo crime de homicídio qualificado, que tem pena de 12 a 30 anos de condenação e aguardará julgamento, preso na cidade de Três Lagoas.

O assassinato - Conforme a filha de Revani, não identificada, o pai estava em sua casa, deitado, quando por volta das 20h, Revanil chegou ao local e matou o vizinho. A vítima foi ferida na região do abdômen e nas costas, de raspão. Ele foi levado para a Santa Casa de Corumbá, mas não resistiu.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário