ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  05    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Homem mata a ex-namorada, atira contra a própria cabeça e sobrevive

Crime ocorreu na noite de ontem (29) em Três Lagoas; mulher foi morta a tiros

Por Kerolyn Araújo | 30/11/2019 08:32
Movimentação no local onde ocorreu o crime. (Foto: Reprodução/Perfil News)
Movimentação no local onde ocorreu o crime. (Foto: Reprodução/Perfil News)

A professora Ângela Maria Jorge, 62 anos, foi assassinada a tiros na noite de sexta-feira (29) pelo ex-namorado, Carlos Roberto Felipe, 59 anos. Após matar a vítima, o autor disparou um tiro contra a própria cabeça. O crime ocorreu em Três Lagoas, cidade distante a 338 quilômetros de Campo Grande.

Conforme informações do boletim de ocorrência, Ângela estava em uma festa na região central da cidade, quando pediu para que um amigo a acompanhasse até em casa. Carlos chegou e disse que levaria a ex.

A vítima teria recusado a oferta e deixou o local. Ela foi perseguida pelo ex e, em frente a um hotel na Rua Generoso de Siqueira, foi baleada por dois tiros no peito. Ângela morreu na hora.

Após balear a ex-namorada, Carlos disparou um tiro contra a própria cabeça. Ele foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado ao Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

Dentro do veículo de Carlos, a polícia encontrou uma carteira e um bilhete, onde o autor confessava o crime e dizia que o motivo seria o amor não correspondido. Segundo o Perfil News, no papel estava escrito: "Foi pela pessoa que tanto amo, mas não fui correspondido".

O caso foi registrado como feminicídio e tentativa de suicídio na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Três Lagoas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário