A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 30 de Março de 2017

18/08/2015 23:44

Homem mata esposa a facadas e morre após se enforcar

Thiago de Souza
Facadas atingiram a barriga, peito e perna da vítima. (Foto: Vilson Nascimento/ A Gazeta News)Facadas atingiram a barriga, peito e perna da vítima. (Foto: Vilson Nascimento/ A Gazeta News)
Fio de cobre e cadeira utilizados para cometer suicídio. (Foto: Vilson Nascimento/ A Gazeta News)Fio de cobre e cadeira utilizados para cometer suicídio. (Foto: Vilson Nascimento/ A Gazeta News)

O técnico de som Reginaldo da Costa Gomes, 33, conhecido como “Buiú” matou a esposa dele, Maria Ana Gonçalves, 36, com várias facadas e depois cometeu suicídio, na noite desta terça-feira (18), dentro do quarto da residência deles, na Vila Indiana, em Amambai.

De acordo com a Gazeta News, os golpes acertaram a barriga, o peito e a perna da mulher. Também havia corte na mão, o que indica uma tentativa de defesa. Após assassinar a esposa, “Buiú” teria usado uma cadeira de plástico para amarrar um fio de cobre, e se enforcar. 

Ele deixou um bilhete que pedia que o primeiro que entrasse na casa, arrombasse a porta do quarto do casal. Havia também uma lista com nome e telefones de pessoas que deveriam ser avisadas do crime.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para socorrer "Buiú", porém ele já estava em óbito.  

Amigos do casal ouvidos pela reportagem do Ponta Porã Informa, disseram que Maria Ana Gonçalves, era de origem indígena, tinha dois filhos, um já maior de idade, que seria morador em uma aldeia em Amambai, e outro de 13 anos, que residia com o casal, mas nenhum deles eram filhos biológicos de Buiú.

Ainda de acordo com testemunhas, o filho menor de idade é que teria percebido que a mãe e o padrasto estavam trancados dentro do quarto e não respondiam aos chamados.

Testemunhas disseram que o casal discutia com freqüência. A Polícia Civil de Amambai vai instaurar inquérito para apurar detalhes do crime. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions