A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/02/2016 21:08

Homem morto a tiros é o terceiro caso em cinco meses no setor de turismo

Nyelder Rodrigues e Helio de Freitas, de Dourados
Homem foi executado por bandido encapuzado assim que chegou em casa (Foto: divulgação PM)Homem foi executado por bandido encapuzado assim que chegou em casa (Foto: divulgação PM)

O homem morto a tiros em Dourados no início da noite dessa segunda-feira (22), José Edilson de Morais, 40, é proprietário da TM Tur, empresa de transporte de turismo. Essa é a terceira morte em cinco meses envolvendo pessoas ligadas ao setor.

O empresário chegou em casa, na rua Natal, Vila Industrial, em um VW Gol prata, enquanto sua mulher e a filha estavam em uma Saveiro. O bandido, encapuzado, os aguardou do lado de fora e aproveitou a abertura do portão para entrar na casa.

Após matar José, o autor dos disparos, chegou a mirar a arma em direção à mulher de José e apertar o gatilho. Porém, o disparo não foi feito, acredita-se, pois a munição já tinha acabado.

Inicialmente o crime é tratado como tendo ligação com pistolagem. Em setembro e outubro do ano passado, outras duas pessoas que trabalhavam no setor de transporte de turismo foram executadas em Dourados.

Em 6 de outubro de 2015, o motorista Alexander Oliveira Silva, 21 anos, morador no bairro Parque Nova Dourados, foi executado a tiros de pistola calibre 7.65.

Antes, em 24 de setembro, Toni Ednaldo dos Santos, 40 anos, conhecido como Toni da Van, foi morto com disparos feitos por arma do mesmo calibre usado na morte de Alexander. Ambos os casos estão sob investigação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions