A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017

26/01/2015 07:57

Homem pede para "colega" parar de falar e é morto a golpes de ferro

Viviane Oliveira

Trabalhador do armazém Carol, Rudson Teodozio da Silva, 20 anos, foi morto a golpes de barra de ferro por volta das 22h de ontem (25) na Rua Maria Francisca, no Jardim Dona Rosa, em Bandeirantes, distante 70 quilômetros de Campo Grande. O suspeito de ter cometido o crime é Claudemei dos Santos da Silva, “colega" de trabalho da vítima.

De acordo com boletim de ocorrência, registrado pelo encarregado de uma empresa de montagem de silo, os funcionários do armazém Carol trabalharam até às 16h de ontem e depois foram beber cerveja.

Testemunhas disseram que a confusão começou depois que Rudson disse para Claudemei “você fala demais, fica quieto um pouco”. O autor, então, pegou uma barra de ferro medindo aproximadamente um metro e dez centímetros e atacou a vítima na cabeça.

Algumas pessoas que estavam no local tentaram segurar o agressor, mas Claudemei conseguiu fugir. À polícia, o encarregado disse que todos os trabalhadores são de Cascavel (PR) e estão na cidade a aproximadamente 40 dias. O caso foi registrado homicídio doloso e será investigado pela Delegacia de Polícia Civil do município.

Velório de jovens mortos em acidente leva 400 à ginásio e cancela Carnaval
O velório de quatro dos cinco jovens mortos em um acidente na rodovia BR-060, em Camapuã - município localizado a 133 km de Campo Grande -, levou pel...
Incêndio em fazenda é controlado e prejuízo pode ser de R$ 2 milhões
O incêndio que atingiu a fazenda Novilho, localizada em Caarapó - município que fica a 283 km de Campo Grande - e ocupada por índios Guarani-Kaiowá d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions