A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

28/06/2019 13:58

Homem que cravou faca em crânio de vítima diz que foi ameaçado

Cristiano Leite Barbosa disse que brigou com a cunhada de Moisés por causa de fofoca e vítima foi tirar satisfação

Silvia Frias e Helio de Freitas
Cristiano Leite Barbosa entregou-se à polícia hoje (Foto/Divulgação/SIG)Cristiano Leite Barbosa entregou-se à polícia hoje (Foto/Divulgação/SIG)

Cristiano Leite Barbosa, 29 anos, disse à polícia que atingiu a facada Moisés dos Santos Oliveira, 38 anos, por ter sido ameaçado de morte por ele. A faca “dividiu ao meio” o cérebro da vítima, que morreu dois dias após o ataque.

A briga aconteceu no domingo (23), em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande e Moisés morreu na noite de terça (25), no Hospital da Vida. No mesmo dia do crime, policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil já tinha identificado o autor, que foi procurado na Aldeia Bororó e no distrito de Picadinha.

Faca usada no crime (Foto: Adilson Domingos)Faca usada no crime (Foto: Adilson Domingos)

Esta manhã, acompanhado da advogada, Cristiano se apresentou à polícia e disse que havia sido agredido por Moisés e ameaçado de morte.

A investigação apurou que Cristiano estaria embriagado e discutiu com mulher identificada como Selma, cunhada de Moisés, pois ela estaria “fofocando na vizinhança”. O motivo da fofoca não foi esclarecido pela Polícia Civil.

Depois dessa discussão, Moisés teria tirado satisfação com Cristiano e os dois começaram a lutar. Após essa briga, ele pegou uma faca e, quando o homem entrava no carro, o atingiu na cabeça.

A faca foi apreendida pela polícia e o homem está detido.

A facada dividiu ao meio o cérebro da vítima, que perdeu muita massa encefálica (Foto: Diretos das Ruas)A facada "dividiu ao meio" o cérebro da vítima, que perdeu muita massa encefálica (Foto: Diretos das Ruas)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions