ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Homem tenta aliciar sobrinha com envio de foto dos órgãos genitais no WhatsApp

Polícia iniciou investigação em junho e descobriu a identidade dele, que usava nome falso para aliciar a adolescente

Por Guilherme Correia | 01/08/2020 15:21
Foto ilustrativa; homem envia mensagens por meio do aplicativo de celular WhatsApp (Foto: Arquivo/Marcos Maluf)
Foto ilustrativa; homem envia mensagens por meio do aplicativo de celular WhatsApp (Foto: Arquivo/Marcos Maluf)

Depois de quase dois meses de investigação, a Polícia Civil de Paraíso das Águas, a 278 quilômetros de Campo Grande, descobriu identidade de homem que assediava uma adolescente por meio de mensagens no WhatsApp. Trata-se do tio dela, de 41 anos, que havia até enviado fotos do próprio órgão sexual para a menina.

Segundo registro policial, ele saiu de Mato Grosso do Sul pouco depois do início da investigação e foi para Várzea Grande (MT). Ontem (31), ele foi indiciado pelos crimes de tentativa de abuso, uso de identidade falsa, adultério e injúria.

O crime - Segundo o jornal MS Todo Dia, a ocorrência registrada em 8 de junho relatava que uma pessoa havia se aproximado da adolescente, utilizando um nome falso e "estabelecendo diálogos de natureza sexual".

Investigadores da Polícia Civil identificaram o autor das mensagens e constataram o conteúdo impróprio para adolescentes. Tempos depois, foi descoberto que o tio da vítima era quem se passava por outra pessoa para tentar se aproximar dela.

A Polícia obteve dados da atual residência do suspeito, que foi indiciado e poderá cumprir pena de até três anos. Por enquanto, responde o crime em liberdade.