A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

03/04/2015 16:18

Homofobia e dívida de drogas podem explicar assassinato de radialista

Priscilla Peres
Corpo foi encontrado dentro de casa. (Foto: PC de Souza)Corpo foi encontrado dentro de casa. (Foto: PC de Souza)

O ex-radialista Simião da Silva, de 43 anos, foi encontrado morto na manhã de hoje dentro de sua casa em Sonora - distante 364 km da Capital. Seu corpo apresentava pelo pelo 12 perfurações de faca e a polícia vai investigar o caso, que pode ter sido motivado por homofobia ou envolvimento com drogas.

Segundo informações do site Edição MS, Simião era homossexual e usuário de drogas. Seu companheiro também foi assassinado recentemente, no município, e a família vai investigar se os dois casos tem envolvimento.

O corpo de Simião foi encontrado por familiares, por volta das 7h de hoje. Ele estava caído no corredor da casa, onde foram encontrados uma camiseta azul e um chinelo cinza, que provavelmente seja do autor das facadas. Para entrar na residência da vítima, o autor arrombou o portão e a porta da frente.

A perícia constatou pelo menos 12 facadas, principalmente na região do pescoço. O corpo teve de ser levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Coxim para necropsia. O corpo será velado na Pax São Judas Tadeu.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions