ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Imagem de satélite mostra avanço de lavouras de maconha em parque nacional

Mesmo com força-tarefa envolvendo Paraguai e Brasil, roças da droga se espalham pela faixa de fronteira

Por Helio de Freitas, de Dourados | 02/05/2024 15:29
Pontos amarelos em imagem de satélite são lavouras de maconha no meio do parque nacional (Foto: Reprodução)
Pontos amarelos em imagem de satélite são lavouras de maconha no meio do parque nacional (Foto: Reprodução)

Imagens de satélite mostram o avanço de plantações de maconha em parques de preservação ambiental na faixa de fronteira do Paraguai com Mato Grosso do Sul. Uma dessas áreas é o Parque Nacional Caazapá, onde a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) faz operação nesta semana.

Foto capturada por satélite e divulgada nesta quinta-feira (2) pela Senad mostra a expansão das roças de maconha dentro do parque. Em área devastada em meio à mata fechada é possível perceber o aumento dos cultivos (pontos amarelos na imagem acima).

Somente no primeiro dia da Operação Frente Sur, desenvolvida pela Senad no parque nacional, 108 toneladas de maconha e 12 acampamentos narcos foram destruídos.

Há vários anos, com apoio da Polícia Federal brasileira, a Senad desenvolve ações para combater o cultivo de maconha na linha internacional. Apesar do esforço, as roças só aumentam, assim como as apreensões da droga destinadas ao Brasil.

Balanço de todas as operações em andamento mostra que 42,1 toneladas de maconha foram tiradas de circulação nesta semana. O trabalho ocorre em áreas de cultivo nos departamentos de Amambay, Canindeyú e Alto Paraná e no Rio Paraná, por onde a droga deixa o Paraguai em barcos.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias