A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/06/2016 13:25

Independência, praça histórica é inaugurada após reforma de R$ 2 mi

Anny Malagolini
 Praça tem 21 mil metros quadrados (Foto: Divulgação) Praça tem 21 mil metros quadrados (Foto: Divulgação)

Ao custo de R$ 2 milhões, um dos pontos mais históricos de Corumbá, o Jardim da Independência, foi reformado e inaugurado ontem, 29. Este é a é um dos 10 projetos de Corumbá contemplados pelo governo federal em 2014.

Foi investido R$ 1,6 milhão, recurso que faz parte do PAC (Programa de Aceleramento do Crescimento) Cidades Históricas do governo federal, e mais R$ 462 mil de contrapartida da Prefeitura Municipal de Corumbá.

Os 21 mil metros quadrados de áreas representa a passagem do império francês pela cidade, no século XIX. A praça foi construída pelo paisagista francês Auguste François-Marie Glaziou, e na época, representou o status de modernidade para a “Cidade Branca”.

Mais de 100 anos após sua construção, os traços do lugar ainda chamam a atenção pelas suas curvas sinuosas, lagos e fontes.

A Praça conta com esculturas em mármore Carrara, vindo de Pisa, na Itália, em referência as quatro estações do ano. O mesmo trabalho também está presente na Praça da República, no Rio de Janeiro.

A restauração foi realizada pelo italiano Walter Rosas, mas devido ao mau estado de preservação das peças, as partes faltantes das esculturas, como dedos, parte de rosto, e até mesmo braços, seguiram-se as teorias de restauro pela não restituição, sob pena de descaracterização desse tipo de obra.

O coreto em ferro foi trazido da Alemanha, e também precisou passar por restauração. Tanto o lago quanto os guarda-corpos das pontes são também traços peculiares de Glaziou. De acordo com a Prefeitura de Corumbá, o restauro nesses elementos foi realizado de acordo com estudo de projetos desse paisagista, como a escolha das cores, a exemplo de recuperações ocorridas no Parque Municipal de Belo Horizonte, Quinta da Boa Vista e atual Praça da República, os dois últimos no Rio de Janeiro.

Inauguração - Amanhã, 1º de julho, mais uma obra deve ser entregue: A requalificação da Praça da República. O local foi uma fortificação militar, palco da última batalha da Guerra do Paraguai. Na ocasião, uma tropa brasileira vinda de Cuiabá, chefiada pelo tenente-coronel Antônio Maria Coelho, expulsou os invasores paraguaios, em 13 de junho de 1867. Neste projeto foram investidos mais de R$ 1 milhão, de acordo com Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Esculturas foram feitas em mármore Carrara (Foto: Divulgação)Esculturas foram feitas em mármore Carrara (Foto: Divulgação)
Jovem de 25 anos morre baleado em frente a padaria no Nova Americana
Jovem de 25 anos foi morto a tiros em frente a uma padaria do bairro Nova Americana, em Três Lagoas, município a 338 quilômetros da Capital. Caso aco...
Caminhão com gás GLP pega fogo e interrompe tráfego na BR-262
Um caminhão que transportava gás GLP pegou fogo, na tarde de ontem (12), na rodovia BR-262, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. Segund...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions