A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

20/08/2017 18:24

Indígenas ameaçam e impedem equipe da Energisa de reparar rede em aldeia

Richelieu de Carlo

Dois funcionários da Energisa, empresa concessionária de energia em Mato Grosso do Sul, teriam sido impedidos por moradores de fazer reparo na rede elétrica na aldeia indígena Bororó, região norte de Dourados, município a 233 km da Capital.

A rede ficou danificada após um temporal derrubar um poste e uma equipe foi direcionada para fazer o conserto na tarde deste domingo (20), mas teria sido impossibilitada por dois indígenas, que começaram a empurrar os funcionários e se dirigir a eles em guarani com tom ameaçador.

Conforme boletim de ocorrência registrado por um dos eletricistas, um dos indígenas pegou seu celular e jogou o aparelho no chão. Em seguida, mais moradores da aldeia se aproximaram e começaram a criar confusão.

Para se protegerem, os eletricistas entraram no veículo da empresa e tiveram que deixar o local, pois os indígenas davam socos nos vidros da viatura. Com isso, o poste ficou caído ao chão, com a fiação exposta e risco de causar algum acidente.

Dizem os funcionários que tentaram acionar a Polícia Militar, entretanto, sem efetivo disponível, os policias disseram que não poderiam entrar na aldeia.

A ocorrência foi registrada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), de Dourados. As vítimas não quiseram prestar queixas contra os indígenas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions