ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEXTA  18    CAMPO GRANDE 18º

Interior

Indígenas também ocupam polo base da Sesai em Amambaí

Indígenas se uniram ao movimento que começou em Dourados e pedem melhorias no atendimento à saúde

Por Ana Paula Chuva e Helio de Freitas, de Dourados | 07/05/2021 16:59
Lideranças indígenas em frente do polo base em Amambai hoje. (Foto: Direto das Ruas)
Lideranças indígenas em frente do polo base em Amambai hoje. (Foto: Direto das Ruas)

Indígenas de Amambaí, cidade a 352 km de Campo Grande, ocuparam a Casai (Clinica de Saúde Indígena) na cidade. Assim como a população de Dourados, a principal reclamação é a situação atual da saúde dos povos indígenas no Estado.

Lideranças indígenas e integrantes do conselho de saúde estão no local e pedem a troca do atual coordenador do Dsei (Distrito Sanitário Especial da Saúde Indígena), Joe Saccenti Junior.

A ocupação teve início na tarde de hoje (7) e os indígenas se dizem revoltados com a atual situação do atendimento na saúde e querem somar forças com a população de Dourados.

“A intenção é unir forças e mostrar que nossa saúde esta ruim demais”, disseram ao Campo Grande News.

Em Dourados, a 225 km de Campo Grande, os indígenas seguem acampados no polo regional desde a segunda-feira (3). No local o pedido é pela saída da coordenadora da secretaria, Sidneide Alves, por estar oprimindo os profissionais que trabalham na Sesai.

Além disso, no local,  enquanto 18 mil pessoas das aldeias esperam atendimento, duas unidades móveis do programa federal “Brasil Sorridente” enferrujam embaixo de sol e chuva no pátio do polo.



Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário