A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Maio de 2017

22/05/2014 15:55

Índios fecham lixão pelo terceiro dia e prefeita recebe caciques

Mariana Lopes
Índios bloqueiam lixão desde a última terça-feira (Foto: Polícia Civil)Índios bloqueiam lixão desde a última terça-feira (Foto: Polícia Civil)

Pelo terceiro dia consecutivo, um grupo de mais de 100 indígenas fecha o lixão de Miranda, cidade distante 201 quilômetros de Campo Grande. O protesto não tem previsão para acabar, pois eles garantem que só saem do local após a prefeita do município, Marlene de Mato Bossay (PMDB), ir falar com os manifestantes.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, a chefe do executivo recebeu na manhã de hoje (22) um grupo de caciques que não concorda com o protesto no lixão. A reunião continua nesta tarde, mas o assunto discutido não foi divulgado.

Na manhã de ontem (21), os índios fizeram 7 pessoas reféns, todos funcionários da Prefeitura de Miranda. Sete veículos também estão detidos no lixão, sendo uma caminhonete, uma carrocinha, um carro de passeio e três ônibus escolares da Prefeitura.

Com o bloqueio da entrada do aterro sanitário, os caminhões responsáveis pela coleta de lixo não estão podendo fazer o descarregamento dos resíduos. Os manifestantes reivindicam melhorias na infraestrutura, saúde e educação das comunidades.

A Polícia Civil do município precisou intervir na manifestação para libertar os reféns. Todas as vítimas foram ouvidas e os depoimentos serão encaminhados à Polícia Federal.

Indígenas de Miranda bloqueiam entrada de lixão como forma de protesto
Aproximadamente 120 indígenas de oito aldeias e duas áreas de retomada de Miranda, a 201 quilômetros de Campo Grande, bloquearam, nesta terça-feira (...
Duas mulheres são presas por favorecer suspeito de matar homem a tiros
Foram presas nesta quarta-feira (24) em Rio Brilhante - cidade localizada a 163 km de Campo Grande - a namorada e uma amiga de João Paulo Arcenio, de...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions