A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020

28/03/2017 11:00

Índios recebem presidente da Funai com protesto por demarcações

Rafael Ribeiro e Helio de Freitas, de Dourados
Promotor federal Marco Antônio Delfino conversa com os índios na porta do MPF (Fotos: Hélio de Freitas)Promotor federal Marco Antônio Delfino conversa com os índios na porta do MPF (Fotos: Hélio de Freitas)
Lideranças indígenas protestam na porta do MPF na chegada de presidente da FunaiLideranças indígenas protestam na porta do MPF na chegada de presidente da Funai
Índios na porta do MPF, nesta manhãÍndios na porta do MPF, nesta manhã

Representantes indígenas de pelo menos 17 cidades de Mato Grosso do Sul receberam com protesto o presidente da Funai (Fundação Nacional do Índio), Antônio Costa, na porta do MPF (Ministério Público Federal) em Dourados (a 233 km de Campo Grande), onde ele se reuniu com promotores e lideranças da causa na manhã desta terça-feira (28).

Os índios protestam pelo não cumprimento de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado há uma década, em 2007, que previa, até março de 2008, a contratação de equipes para a realização de estudos técnicos para a demarcação de terras. Segundo eles, pouca coisa avançou desde então.

Ao lado de professores, alunos indígenas e simpatizantes da causa, o grupo protestou com faixas e cartazes exigindo a demarcação imediata das terras. O clima era de tensão e muitos aproveitaram a proximidade com Costa para exigir medidas concretas da entidade na questão.


A presença do presidente da Funai em Dourados foi uma exigência do promotor federal Marco Antônio Delfino, que cobrou explicações da entidade na reunião para o pouco avanço na questão em dez anos de assinatura do TAC.


Durante a reunião, a Funai e representantes do Governo Federal justificaram que as contestações feitas pelos fazendeiros atrasaram os processos. Em apenas uma área, por exemplo, são 16 contestações para a demarcação.


As discussões da Funai com o MPF e as lideranças indígenas seguirão à tarde. Pouco mais de uma hora após o início do encontro, Costa deixou a reunião para se encontrar com a prefeita de Dourados, Délia Razuk (PR), com quem deve almoçar junto.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions