ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Índios retomam bloqueios em pressão para derrubada de marco temporal

Na semana passada, o relator, ministro Edson Fachin, votou contra tese que afeta demarcações

Por Helio de Freitas, de Dourados | 15/09/2021 09:15
Índios da reserva de Dourados dançam em novo dia de bloqueio da MS-156. (Foto: Dourados Informa)
Índios da reserva de Dourados dançam em novo dia de bloqueio da MS-156. (Foto: Dourados Informa)

Em mais um dia de protestos contra o marco temporal, indígenas retomaram nesta sexta-feira (15), o bloqueio de rodovias em Mato Grosso do Sul.

Pelo menos duas estradas estaduais já estão interditadas – a MS-156, entre Dourados e Itaporã e a MS-379, entre o distrito de Panambi (Dourados) e Douradina. Ainda não há registro de bloqueio de rodovias federais, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal).

É a quarta semana seguida de protestos dos povos indígenas contra a tese que pode impedir, pelo menos, 88 processos de demarcação de terras no Brasil, algumas, em Mato Grosso do Sul.

A votação da tese do marco temporal foi suspensa na semana passada, após o voto do relator, ministro Edson Fachin. Ele votou contra o critério de que os índios só podem reivindicar a demarcação das terras ocupadas por eles, antes da data de promulgação da Constituição de 1988. Na sessão de hoje à tarde, o ministro Nunes Marques deve retomar a leitura de seu voto.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário