A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

04/09/2018 15:24

Inspetor da polícia é preso na fronteira por ligação com o narcotráfico

Suboficial da Polícia Nacional estava com número 2 da quadrilha que manda cargas de maconha do Paraguai para MS

Helio de Freitas, de Dourados
Policiais da Senad vistoriam caminhonete apreendida hoje perto de Mundo Novo (Foto: Divulgação)Policiais da Senad vistoriam caminhonete apreendida hoje perto de Mundo Novo (Foto: Divulgação)
Inspetor Cristino Godoy foi preso hoje (Foto: Divulgação)Inspetor Cristino Godoy foi preso hoje (Foto: Divulgação)

O suboficial da Polícia Nacional do Paraguai Cristino Conrado Samudio Godoy, 44, foi preso hoje (4) em Salto Del Guairá, cidade vizinha de Mundo Novo (MS), a 476 km de Campo Grande. Ele é acusado de ligação com uma das maiores quadrilhas de tráfico de drogas e de armas na Linha Internacional entre o Departamento de Canindeyú e Mato Grosso do Sul.

Godoy, que é inspetor da Polícia Nacional em Salto Del Guairá, foi preso na segunda fase de uma operação desencadeada pela Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai para desmantelar a quadrilha de traficantes.

A primeira fase ocorreu no dia 1º de agosto deste ano, quando nove pessoas foram presas, grande quantidade de maconha, veículos e embarcações aprendidos e encontradas anotações de pagamento de propina para autoridades de Canindeyú.

Nesta terça-feira, além do policial Cristino Godoy, a Senad prendeu o número 2 da quadrilha, o também paraguaio Erico Giménez Romero, 43. As buscas foram feitas em sete endereços de Salto Del Guairá, cidade de 12 mil habitantes, distante menos de 20 km do centro de Mundo Novo.

De acordo com a Senad, além da prisão do número 2 da quadrilha e do policial, a segunda fase da operação apreendeu cinco caminhonetes, dois carros, três motos esportivas importadas, cinco explosivos de demolição em gel, duas armas de fogo, celulares, munições e vários documentos.

Entre os locais onde as buscas foram feitas está a loja de armas Santa Rosa de Lima, no centro de Salto Del Guairá. Erico Giménez Romero, preso hoje, é irmão do principal financiador do esquema, Flaviano Giménez, que tinha sido preso no mês passado.

Armas apreendidas pela Senad em Salto Del Guairá (Foto: Divulgação)Armas apreendidas pela Senad em Salto Del Guairá (Foto: Divulgação)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions