A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

31/10/2018 17:47

Investigado por estupro de universitárias é liberado em audiência

O crime teria acontecido durante uma confraternização na república em que ele mora

Geisy Garnes
Alunas em protesto nesta manhã (Foto: Valdecir Cremon/ JP News)Alunas em protesto nesta manhã (Foto: Valdecir Cremon/ JP News)

Foi liberado em audiência de custódia o universitário de 20 anos investigado pela Polícia Civil pelo estupro de duas colegas de curso em Três Lagoas - a 338 quilômetros de Campo Grande. O crime teria acontecido durante uma confraternização na república em que ele mora.

Conforme apurado pela Campo Grande News, o rapaz, que estava preso em flagrante, passou por audiência ainda na tarde desta terça-feira e teve a liberdade decretada. O crime segue em investigação pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), que chegou a apreender o lençol da cama em que as vítimas foram abusadas.

O caso aconteceu na segunda-feira (29), quando as vítimas, duas universitárias da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) de 21 anos, dormiram na casa do suspeito após passarem mal durante o churrasco que acontecia no local.

As jovens acordaram no dia seguinte, reclamando de dores e decidiram ir embora. Uma das vítimas teria percebido o estupro ao tomar em casa e contou a situação para um dos colegas, que confirmou ter visto o suspeito com a mão dentro do short da estudante enquanto ela dormia.

O caso então foi denunciado a DAM e o estudante acabou preso por estupro na casa da mãe.

Nesta quarta-feira, cerca de 150 estudantes se reuniram no campus da UFMS para cobrar a apuração do crime. Segundo o site JP News, durante a manifestação, várias universitárias relataram casos de assédio e também falaram sobre a insegurança na universidade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions