A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019

24/04/2017 17:33

Jornalista premiado faz palestra sobre violência contra índios na ditadura

Ricardo Campos Jr.
Valente é formado em jornalismo pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), tendo conquistado 17 prêmios nacionais e internacionais durante a carreira (Foto: reprodução / TV Cultura)Valente é formado em jornalismo pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), tendo conquistado 17 prêmios nacionais e internacionais durante a carreira (Foto: reprodução / TV Cultura)

O jornalista e escritor premiado Rubens Valente retorna a Mato Grosso do Sul, onde morou durante vários anos, para participar de um debate na próxima quinta-feira (27) na UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) de Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande.

Durante o evento ele falará sobre o seu livro “Os fuzis e as flechas – A história de sangue e resistência indígenas na ditadura”, que narra a perseguição e violência dos militares contra os povos tradicionais.

A obra é resultado de experiências de reportagens para jornais de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, acumuladas durante 26 anos. Nessa trajetória, Valente conheceu 30 terras indígenas, tendo morado em Dourados durante vários anos.

A capa do livro, elaborado pela Companhia das Letras, traz o rosto de Marçal de Souza, uma das principais lideranças em Mato Grosso do Sul, que foi assassinado ao lutar pelo direito à terra.

Valente é formado em jornalismo pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), tendo conquistado 17 prêmios nacionais e internacionais durante a carreira, entre eles dois oferecidos pela Sociedade Interamericana de Imprensas, dois Esso e dois Grandes Prêmios Folha.

Já participou como palestrante de nove congressos internacionais realizados pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo e fez exposições em três Conferências Latinoamericanas de Jornalismo de Investigação promovidas pelo Instituto Prensa y Sociedad, em Guaiaquil, Bogotá e Rio de Janeiro.

Também participam do debate o professor Adilson Crepalde do curso de Letras da UEMS; a professora Beatriz Landa, coordenadora do Programa Rede de Saberes-UEMS e o vice-reitor da instituição, Laércio de Carvalho.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions