A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019

11/04/2017 22:34

Jovem afirma que matou patrão ao descobrir que ele tinha pouco dinheiro

Fernanda Yafusso
Autores foram apresentados pela polícia nesta terça. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Autores foram apresentados pela polícia nesta terça. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Gabriel Itacil de 18 anos, afirmou na tarde desta terça-feira (11), que matou o empresário Marcos Alexandre Ribeiro, de 42 anos, após perceber que o mesmo tinha pouco dinheiro. A informação foi divulgada durante coletiva de imprensa, onde a polícia apresentou à imprensa os seis envolvidos no crime. O assassinato ocorreu após Gabriel armar uma emboscada para o patrão, durante uma viagem até o interior de São Paulo.

De acordo com o delegado Tiago Passos, o autor Gabriel Itacil matou o empresário asfixiado e contou com a ajuda de um comparsa identificado pela polícia como Alex, que ajudou o autor a ocultar o corpo. O assassinato ocorreu após Gabriel ouvir uma conversa do patrão e tentar roubar a vítima. Vendo que o empresário tinha pouco dinheiro, começou a agredir Marcos e o matou asfixiado.

Ainda segundo a polícia, os autores foram localizados após uma denúncia anônima. "Foi apontada a participação de um dos integrantes no crime. E após a localização de um dos integrantes, foram encontrados no celular do mesmo mensagens de áudio no WhatsApp, comentando com um outro comparsa os detalhes do crime e os demais integrantes foram identificados".

Após o assassinato, os telefones celulares da vítima foram entregues a Alex, como forma de pagamento por ter auxiliado no crime. Em seguida, Gabriel se encontrou com os demais integrantes do grupo, que foram até o local onde estava o carro do empresário.

O grupo realizou uma busca no carro, e encontraram uma folha de cheque do empresário. E após ficaram com o objeto e atearam fogo no veículo.

Uma outra integrante do grupo, identificada como Ariane, auxiliou os comparsas a fugirem da cena do crime após o ocorrido. Os objetos pessoais da vítima foram recuperados e já houve o pedido da prisão temporária para os seis autores, está sendo aguardado apenas o deferimento do pedido.

Crime - Após desaparecer por oito dias, o corpo do empresário e dono do Londri Park, Marcos Alexandre Ribeiro foi encontrado em um matagal, na região da Cascalheira, no Distrito Industrial do município. 

Gabriel Itacil, que era funcionário do empresário, indicou aos policiais o local onde o corpo do empresário foi desovado. No último dia 3 de março, o carro da vítima foi encontrado queimado perto de uma casa em construção no Parque das Araras, residencial três-lagoense.

O funcionário estava viajando junto com o empresário de carona, e ambos seguiam para a cidade de Panorama (SP). Durante o percurso Marcos ligou para uma pessoa e informou que estava com uma quantia em dinheiro. O funcionário ouviu toda a conversa, e pelo aplicativo WhatsApp informou aos demais comparsas que prepararam uma emboscada para o empresário.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions