A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

30/07/2013 16:26

Jovem de 23 anos ferido em explosão de artefato está em estado grave

Evelyn Souza
Usina onde aconteceu explosão. (Foto: Vicentina Online)Usina onde aconteceu explosão. (Foto: Vicentina Online)
Local onde artefato foi encontrado. (Foto: Vicentina Online)Local onde artefato foi encontrado. (Foto: Vicentina Online)

O funcionário, que teve uma das mãos amputadas durante explosão em uma Usina de açúcar e álcool em Vicentina, foi identificado como Otávio Marques da Silva, 23 anos. O jovem está internado em estado grave na CTI do Hospital Santa Rita da cidade.

O acidente aconteceu por volta das 14h de segunda-feira, na usina que fica a 255 quilômetros de Campo Grande. Segundo a Polícia, um dos trabalhadores encontrou um artefato em uma plantação. Otávio foi ver o que era e tentou ligar o objeto em uma bateria, quando aconteceu a explosão.

Ele foi arremessado por alguns metros, teve uma das mãos e parte dos dedos amputados, além de queimaduras pelo corpo.

Hoje pela manhã, uma equipe do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais de Campo Grande) foi até Vicentina e constatou que o objeto encontrado na plantação era mesmo um explosivo. Eles permaneceram no local por algumas horas, mas não encontraram nenhum objeto parecido. 

Durante a vistoria, moradores informaram que já recolheram pelo menos quatro artefatos pelo local. “Os fragmentos encontrados no local na manhã de hoje serão encaminhados para perícia para identificarmos o tipo de explosivo”, explicou o delegado de Vicentina, João Francisco, responsável pelas investigações.

Grupo antibomba pericia explosivo que decepou mão de homem
Após o acidente com um explosivo que terminou na amputação da mão de um trabalhador de uma usina de Vicentina, a 255 quilômetros de Campo Grande, uma...
Homem perde a mão em explosão de artefato encontrado em canavial
Um rapaz teve a mão esquerda amputada após a explosão de um artefato na tarde de ontem (29) em uma usina de açúcar e álcool em Vicentina, a 255 quilô...



esses explosivos fazem parte de uma pesquisa feita pelo governo federal na década de 70 o objetivo segundo eles era descobrir petróleo na região a cada 300 metros em linha tinha uma dessa enterrada muita dessas bombas falharam. é só perguntar para os moradores mais antigos que eles saberão por onde passou ; eu me lembro que era uns cabos que era conectado ha bomba.
 
luis jose de oliveira em 30/07/2013 21:41:59
Por causa de uns irresponsaveis como esse houve vazamento de radiação em goiania com a morte de varias pessoas. achou, não sabe o que é chame um especialista
 
Alex André de Souza em 30/07/2013 16:46:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions