A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

28/07/2019 18:44

Jovem pediu perdão a criminosos antes de ser morto com 3 tiros

Gustavo da Silva Pereira, de 20 anos, estava conversando com criminosos, antes de ser morto, segundo testemunhas.

Adriano Fernandes e Helio de Freitas
Local da execução foi isolado até a chegada da perícia. (Foto: Adilson Domingos) Local da execução foi isolado até a chegada da perícia. (Foto: Adilson Domingos)

Gustavo da Silva Pereira, de 20 anos, teria pedido “perdão” aos criminosos que o mataram a tiros, esta tarde (28) na Rua Projetada 16 no Jardim Carisma em Dourados, cidade a 233 quilômetros de Campo Grande. A informação foi repassada à polícia por uma morador que presenciou o crime.

Ainda segundo testemunhas, antes da execução Gustavo estava conversando com dois homens, mas, de repente, saiu correndo. Durante a tentativa de fuga, ele levou o primeiro tiro nas costas, mas ainda conseguiu correr alguns metros. No entanto, logo em seguida, os suspeitos atiraram outras duas vezes na sua cabeça.

Ao lado do corpo foram encontrados dois capacetes e uma carteira. A moto XTZ que o jovem pilota ainda não foi localizada. Ao site Ligado na Notícia a família da vítima contou apenas que o jovem havia dito que iria dar uma volta de moto. 

Gustavo morava no Jardim Ouro Verde e trabalhava na montagem de silos na região de Fátima do Sul. Ainda não há informação sobre a motivação do crime, nem sobre os suspeitos.

O crime - Segundo a Guarda Municipal, moradores entraram em contato com o grupamento relatando que ouviram os disparos e quando saíram, encontraram o jovem morto no meio da rua. Ele seguia pela Rua Augusto de Matos Soares, quando foi surpreendido pelos criminosos no cruzamento com a Rua Projetada 16.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions