A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

16/01/2019 23:43

Jovem que transmitiu automutilação ao vivo é internado em clínica terapêutica

Adriano Fernandes

O adolescente que foi socorrido para uma unidade de saúde, após transmitir ao vivo, via Facebook, vídeo em que se automutilava foi encaminhado para o Caps II (Centro de Atendimento Psicossocial) de Três Lagoas, cidade que fica a 338 quilômetros de Campo Grande.

Ao contrário do que foi divulgado inicialmente, o rapaz tem 19 anos e não 15, conforme a imprensa local. O Conselho Tutelar de Três Lagoas o identificou e o encaminhou ao centro para tratar possíveis distúrbios de estresse emocional.

“A mãe do estudante recebeu orientações e a Secretaria de Saúde Municipal providenciou o encaminhamento para o Caps II, onde eles foram atendidos”, disse a coordenadora substituta legal do Conselho, Luciana Cardoso do Nascimento.

Ainda de acordo com a conselheira, o rapaz estaria abalado com a separação dos pais e a falta de emprego. “A família disse que ele tenta arranjar um trabalho, mas não tem obtido sucesso o que estaria lhe causando um grande conflito interno. Segunda a mãe, esta seria a primeira vez que tomou conhecimento da automutilação”, comentou a coordenadora ao JP News.

O caso - O rapaz, que estuda na zona rural da cidade, teria produzido as imagens por volta das 6h de sexta-feira (11). Três horas depois, o conteúdo foi removido da rede social. Acionado por um amigo do garoto, o Conselho Tutelar recebeu denúncia e informou que vai investigar o caso.

Uma testemunha disse que ter sido a primeira vez que o garoto postou um vídeo da prática –na qual ele fez cortes superficiais no braço. Ele foi encaminhado à Clínica da Criança. Em 2018, ocorreram mais de 80 casos semelhantes em Três Lagoas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions