A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 15 de Setembro de 2019

24/10/2017 06:46

Ladário celebra festa de padroeira Nossa Senhora dos Remédios

Renata Volpe Haddad
Festa é considerada uma das mais influentes do Estado. (Foto: Folha MS)Festa é considerada uma das mais influentes do Estado. (Foto: Folha MS)

Esperando reunir centenas de fiéis, Ladário, distante 419 km de Campo Grande, celebra nesta terça-feira (24), o dia da padroeira da cidade, a Nossa Senhora dos Remédios, considerada uma das festas religiosas mais influentes de Mato Grosso do Sul.

As homenagens começaram no início de outubro, porém ganharam mais proporção ontem (23). Para celebrar, conforme informações do site Folha MS, à noite aconteceu a descida solene da Imagem Milagrosa, que representa as bênçãos derramadas por Nossa Senhora dos Remédios em direção aos seus fiéis.

Hoje, as missas acontecem o dia todo desde às 05h, no Santuário de Nossa Senhora dos Remédios. Às 20h, acontece a tradicional missa campal, seguida da procissão luminosa com a Imagem Milagrosa de Nossa Senhora dos Remédios, que deverá percorrer às ruas do Centro de Ladário. A missa campal, será celebrada pelo bispo diocesano Dom Martinez.

Patrimônio histórico, cultural e religioso

A lei municipal 960/2016, sancionada pelo então prefeito na época, José Antonio Assad e Faria, no dia 18 de julho de 2016, e, aprovada pela Câmara de Vereadores, declara a imagem de Nossa Senhora dos Remédios, como patrimônio histórico, cultura e religioso de Ladário. O tombamento foi inscrito no livro da Fundação de Cultura do Município de Ladário.

A imagem da Santa está localizada na sede do Santuário de Nossa senhora dos Remédios, no centro desta cidade. Conforme a lei, fica proibida qualquer alteração ou modificação na imagem real da padroeira.

Nossa Senhora dos Remédios

Na festa em homenagem a Santa, uma das atrações mais aguardadas, além dos festejos em frente ao Santuário, construído em estilo semi-gótico, é a tradicional Procissão Fluvial, que representa à reprodução da chegada da imagem na cidade de Ladário, no ano de 1895, através do Capitão- Tenente, José Raymundo de Souza Lobo.

Em seu livro “Sopa Paraguaia”, o escritor e poeta ladarense João Lisbôa Macêdo conta que a história de devoção começou com o capitão-tenente Souza Lobo, que deu a imagem de presente à cidade.

Até ali, a estatueta, de origem espanhola, modulada em gesso, trazida para Ladário em 1895, ficava na capela do Arsenal da Marinha.

Sua história de amor, fé e afinidade espiritual está ligada ao município, atraindo peregrinos vindos de todos os lugares para comemorar seu grande dia. Incorporada ao cotidiano dos católicos de Ladário, a santa é representada no Brasão Municipal por meio de duas flores de lis. Só em 2015, em torno de 25 mil fiéis, passaram pela Pérola do Pantanal, nos doze dias de festa.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions