A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Setembro de 2019

02/09/2019 14:39

Ladrões invadem casa de prefeito e fogem com joias e eletrônicos

Itens foram recuperados logo depois; uma pessoa foi presa, adolescente apreendido e outras três pessoas são procuradas

Liniker Ribeiro
Parte dos itens apreendidos com grupo suspeito de furtar casa de prefeito, no interior (Foto: Divulgação/Polícia Militar)Parte dos itens apreendidos com grupo suspeito de furtar casa de prefeito, no interior (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Policiais militares do município de Bodoquena – a 266 quilômetros da Capital – conseguiram impedir a ação de um grupo suspeito de furtar a residência do prefeito da cidade, Kazuto Horii, na noite de ontem (1º). Um homem, identificado apenas como Wagner, foi preso; um menor apreendido e pelo menos outras três pessoas são procuradas por suspeita de participação no crime.

Ao Campo Grande News, Kazuto revvelou estar em Campo Grande e que, no momento da ação dos ladrões, não havia ninguém em casa. “Tudo o que eu sei é porque me contaram, mas cortaram a cerca elétrica, arrombaram a porta da frente e fizeram uma bagunça”, afirmou.

De acordo com informações do site O Pantaneiro, com os criminosos foram encontrados dois notebooks, um celular, um barbeador elétrico, uma fonte de alimentação, um martelo, uma lanterna, uma caixa com canecas de porcelana, dois alicates, uma tesoura, uma chave inglesa, bolsa com medicamentos, duas correntes de prata, uma corrente de outo, um carregador de pilhas, três pedaços de pedra, um cabo HDMI, duas chaves de fenda, duas mochilas, três cremes dentais, cortador de unhas, relógio de prata e diversas joias e bijuterias.

Os objetos foram recuperados após a Polícia Militar ser acionada por uma testemunha que afirmou ver um movimentação estranha no local e que, em frente ao imóvel do prefeito, estava uma mulher deitada no chão. Questionada, a princípio, ela afirmou aos policiais que estava ali porque havia sido assaltada, mas logo em seguida os militares escutaram barulhos dentro da casa.

De lá saiu Wagner. Questionado, o rapaz afirmou que os objetos que estavam sendo retirados do local não pertenciam a ele e logo os militares identificaram que um notebook apresentava uma marca com o nome do prefeito. Com isso, foi dada voz de prisão aos dois, mas o homem reagiu e entrou em luta corporal com os policiais.

Ainda segundo o site, a mulher aproveitou este momento para fugir. Foi preciso controlar os ânimos do suspeito, que foi algemado e levado para delegacia. Dentro do imóvel, os militares identificaram que todo o espaço foi revirado pelos autores e que uma TV também havia sido furtada do local. O suspeito então confessou que, além dele e da mulher, um adolescente, de 14 anos, e um jovem, de 21 anos, também participaram.

Na residência do suspeito, maior de idade, a polícia encontrou o adolescente. Já o morador conseguiu fugir. O menor apontou aos militares o local onde os demais produtos apreendidos estavam escondidos. Uma caixa com aproximadamente 50 munições calibre .40 também foi encontrada com os suspeitos, mas ela teria sido furtada de outro local.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions