A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017

07/06/2012 11:38

Ladrões que explodiram caixa eletrônico fizeram casal refém em Três Lagoas

Aline dos Santos

Os reféns e o carro foram deixados em Paranaíba

Ladrões usaram dinamite para explodir caixa eletrônico. (Foto: Rádio Caçula)Ladrões usaram dinamite para explodir caixa eletrônico. (Foto: Rádio Caçula)

Os ladrões que explodiram um caixa eletrônico ontem em Três Lagoas mantiveram um casal refém durante todas as etapas do crime. Os namorados foram rendidos na noite de terça-feira, quando entravam no carro, no bairro Alvorada. A mulher foi colocada no porta-malas do C3, enquanto o homem foi colocado no banco de trás.

De acordo com o delegado Vítor Lopes, os três ladrões queriam informações de como chegar ao bairro de Jupiá, próximo ao rio Paraná, na divisa com São Paulo. No local, havia um acampamento, onde, depois, chegaram mais dois ladrões.

Em seguida, ainda com os reféns no veículo, os trio que rendeu o casal foi até o supermercado ABV, na avenida Capitão Olinto Mancini, no Centro da cidade. O caixa eletrônico do Banco do Brasil foi aberto com bananas de dinamite. No local, não há câmeras de vigilância. Os ladrões não esconderam o rosto, mas exigiam que os reféns não olhassem para eles.

No chão do supermercado, a polícia recolheu R$ 61 mil. Na fuga, eles atiraram contra testemunhas que descarregavam mercadorias na Frutaria Miyazaki, localizada a menos de 50 metros do supermercado. Não houve ferido.

No trajeto de volta ao bairro Jupiá, o trio teria escondido R$ 110 mil na bolsa da vítima, que foi jogada no mato. No acampamento, eles dividiram somente R$ 90 mil com os outros dois homens. Depois, passaram o resto da madrugada procurando a bolsa.

As vítimas e o carro foram deixados em Paranaíba. Conforme o delegado, a primeira estimativa era de que os ladrões tivessem levado R$ 93 mil, contudo, a partir do relato das vítimas, a polícia acredita que tenham sido furtados R$ 200 mil. Na tarde de terça-feira, dia 5, o caixa eletrônico foi abastecido por ser data de pagamento de muitas pessoas.

Conforme o delegado, foram analisadas imagens de casas próximas ao local. Um suspeito chgou a ser ouvido, mas não foi confirmada ligação com o crime. Em Três Lagoas, foi o primeiro caso de explosão de caixa eletrônicos.

Continuam abertas as inscrições para mestrado em Agronegócios da UFGD
A UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) segue com inscrições abertas para o processo seletivo do mestrado em Agronegócios, para candidatos i...
MPE apura em inquérito possível irregularidades no CCZ de Dourados
O MPE-MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) apura desde o início do mês em inquérito civil a existência de irregularidades ambienta...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions